Domingo, 22 de Abril de 2018
Coliformes fecais e outros poluentes invadem praias de SC
Poluição em praias de Santa Catarina continua sendo uma vergonha diante a incompetência de órgãos responsáveis
25/01/2016 | 14:30
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O recente relatório de balneabilidade divulgado pela Fundação de Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina - FATMA apontando 135 praias de Santa Catarina próprias ao banho e outras 75 impróprias para o banho, demonstra o grau de poluição que invade muitas das praias conceituadas e que recebem milhares de turistas nesta época do ano.

 

Exemplos desta poluição com presenças de coliformes fecais e outros preocupantes poluentes nas praias em Santa Catarina, são manifestados em Canasvieiras e Ingleses na região norte de Florianópolis ( Ilha da Magia ). Outras praias da Ilha da Magia também estão na lista como sendo impróprias ao banho; assim como em diversas outras cidades de Santa Catarina.

 

Itapema; Porto Belo; Balneário Camboriú e Bombinhas também possuem praias poluídas

E outras praias estão também trazendo preocupações no âmbito da poluição em Santa Catarina. Isto é: em Itapema e também em Porto Belo e Bombinhas, ambas cidades importantes no contexto turístico de Santa Catarina e porque não destacar da região Sul do Brasil. Muitos órgãos públicos que deveriam ter a responsabilidade e o compromisso de tanto desenvolver projetos de saneamento básico quanto na questão da fiscalização; ao longo destas últimas décadas, tão somente deixaram de lado estas questões graves em termos da poluição de dezenas de praias catarinenses e que agora; devido à grande repercussão nacional e internacional sobre esta vergonha catarinense; é que estão sendo iniciadas algumas medidas ainda que muito irrelevantes diante ao tamanho da gravidade que é a grande poluição de inúmeras praias de Santa Catarina.

 

Os reflexos disto são a frustração para milhares de turistas que chegam a estas praias poluídas e também as percas financeiras incalculáveis aos mais variados setores do comércio em geral desta região litorânea de Santa Catarina. E repercutiu negativamente também uma recente declaração de um dirigente hoteleiro em que culpava uma espécie de queijo ao problema das viroses que levou centenas de pessoas procurarem postos e unidades de Saúde do litoral catarinense em busca de atendimento médico.

 

Antes de querer culpar o "queijo", o ideal seria reivindicar soluções aos órgãos competentes sobre a grave situação da falta de saneamento básico em Santa Catarina e fundamentalmente no litoral catarinense. Outra vergonha é o caso do fechamento do rio do Braz na região norte de Florianópolis - a "Ilha da Magia", em que na calada da noite executaram este fechamento do rio do Braz para estancar o volume de coliformes fecais que estavam desaguando diretamente na Praia de Casnavieiras e que nenhuma autoridade pública assumiu o caso perante o Ministério Público quando do questionamento sobre este fechamento. nem prefeitura nem Casam e tão pouco qualquer outro órgão público assumiram este fechamento. Portanto: exemplo que mostra o descaso com as questões que interessam diretamente a população. Lamentável !

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar