Terça-Feira, 25 de Junho de 2019
PGE de Mato Grosso pede ao TRE impugnação da chapa que elegeu a senadora Selma Rosane (PSL)
Senadora Selma Rosane Santos Arruda (PSL) de Mato Grosso é acusada de abuso de poder econômico e uso de "caixa 2" na campanha
28/02/2019 | 9:16
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A Procuradoria Geral Eleitoral (PGE) de Mato Grosso ingressou com um pedido de impugnação da chapa que elegeu a senadora Selma Arruda (PSL). O pedido da PGE foi ao Tribunal Regional Eleitoral Matogrossense. A ex- Juíza Selma Arruda (PSL); ingressou no PSL em abril de 2018, concorreu ao Senado Federal e elegeu-se em outubro passado. Selma Arruda é acusada de abuso de poder econômico e gastou na campanha eleitoral R$ 1.700 milhão e prática de "Caixa 2 " na campanha eleitoral.

 

Selma Arruda foi apelidada no meio político como " Moro de MT ", numa referência ao trabalho de combate à corrupção feito pelo também Juiz Federal Sérgio Moro, agora ministro de Justiça no governo de Jair Bolsonaro (PSL).

 

A ex- Juíza Selma Arruda; decretara a prisão do ex-governador Silval Barbosa na operação Sodoma da Polícia Federal. Selma Arruda atuou por último na 7a. Vara Criminal em Cuiabá (MT) e teve em sua carreira jurídica sempre uma atuação efetiva de combate a corrupção. Ela é natural de Camaquã (RS) e foi eleita senadora pelo estado do Mato Grosso onde encerrou sua carreira jurídica ao aposentar-se.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar