Sexta-feira, 22 de Março de 2019
Ponte Hercílio Luz e o enigma dos gastos de quase R$ 1 bilhão para obra empacada há décadas
Ponte Hercílio Luz agoniza à espera de conclusão das obras de restauração enquanto gastos chegam perto de R$ 1 bilhão e CPI deverá investigar
14/03/2019 | 23:11
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Chega ser trágico senão até cômico somente agora após mais de 30 anos desde que iniciou-se as obras de restauração da velha ponte Hercílio Luz, em Florianópolis (SC), e que agora poderá contar com a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito ´- CPI para investigar os gastos financeiros com as obras que já chegam a mais de 30 anos sendo realizadas e que a Ponte Hercílio Luz aguarda sua conclusão. Os gastos são perto de R$ 1 bilhão.

 

Foram vários mandatos de governantes do Estado de Santa Catarina ao longo destes cerca de 30 anos em que as obras de restauração da Ponte Hercílio Luz está ainda a espera de conclusão. Na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina - Alesc, uma CPI está sendo instalada e deverá iniciar os trabalhos investigatórios sobre os gastos financeiros com a Ponte Hercílio Luz.

 

E a polêmica nas redes sociais já começam a pipocar em que são citados que dois deputados estaduais que integram esta CPI da Ponte Hercílio Luz, receberam verbas para campanha política eleitoral de uma empresa que prestou serviços na Ponte Hercílio Luz durante os anos de 201 a 2014.

 

Caso semelhante ao da CPI no Senado Federal que investiga a tragédia da Barragem de Brumadinho em que mais de 340 pessoas morreram e que causou danos irreparáveis ao meio ambiente e destruição de centenas de casas e prejuízos incalculáveis para milhares de pessoas que vivem na região de Brumadinho (MG) e que foram atingidos diretamente ou indiretamente pela tragédia de ruptura da barragem. Esta CPI no Senado Federal possui seis de seus 14 integrantes que receberam recursos financeiros de várias mineradoras e inclusive da Vale S/A.

 

Portanto, a sociedade brasileira espera que não haja uma espécie de pizza em relação à coleta de dados e informações necessárias para levar ao público tanto especialmente Catarinense neste caso específico relacionado aos gastos com as obras da Ponte Hercílio Luz e também quanto a questão da ruptura da Barragem 1 Mina de Feijão, em Brumadino (MG). Que haja isenção e transparência destas CPis, pois ao contrário,havendo quaisquer omissão certamente haverá cobranças profundas por parte tanto da sociedade quanto do Judiciário.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar