Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020
BNDES teme abrir " Caixa-Preta " diante de dezenas de bilhões sob riscos à estatal. Eike Batista; Joesley e Wesley Batista (J&F), Luciano Hang (Havan) entre eles
BNDES teme abrir " Caixa-Preta " diante riscos de empréstimos à estatal. Eike Batista; Joesley e Wesley Batista (J&F); Luciano Hang (Havan), entre eles
28/07/2020 | 0:11
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O BNDES foi por longas décadas uma fonte para muitos mafiosos e corruptos empresários do país fazerem fortunas obtendo empréstimos bilionários junto a estatal e com apoio de governos mafiosos como desde Itamar Franco; Fernando Henrique Cardoso; Luis Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

 

Alguns deles, mais recentemente chegaram a serem presos em operações como do mensalão e na Lava Jato . Foi o caso de Eike Batista e os irmãos Joesley e Wesley Batista; ambos considerados homens mais ricos do mundo segundo uma das renomadas revistas e que as investigações da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF), revelaram ao contrário em que estas fortunas foram realizadas sob o manto de muita corrupção como fraudes, pagamentos milionários de propinas e lavagem de dinheiro.

 

O BNDES teme abertura completa da chamada " Caixa-preta " desta estatal. E mais recentemente, os jornalistas do site Metrópoles Gabriela Vinhas e Guilherme Waltenberg, via lei de Acesso à Informação, revelaram que o " Véio da Havan ", o empresário Luciano Hang que negou a fornecê-los, obteve em média 1,6 empréstimos milionários junto ao BNDES, iniciando estes polpudos empréstimos desde a fundação da empresa em 1986 No governo Itamar Franco; em 1993, Luciano Hang, dono da Havan; obteve junto ao BNDES empréstimos de R$ 33,9 milhões e com FHC em 1997 mais empréstimos financeiros junto ao BNDES num total de R$ 72 milhões.

 

Ao todo foram 55 destes empréstimos milionários que o BNDES foi concedendo ao empresário que chegou a ter que negociar junto a Justiça Federal dívidas milionárias de tributos fiscais para evitar ir parar na prisão. Segundo o site Metrópoles Luciano Hang, mente ao dizer que não contratou nenhum empréstimo junto ao BNDES durante os governos do PT, o que ele chama de " comunistas " - já que Luciano Hang é um bolsonarista e que teve agora por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), derrubadas todas as redes sociais sua e de mais de uma dezena de outros bolsonaristas.

 

Contas do Instagram; Facebook e Twitter foram derrubadas diante ao processo sobre as Fake News que tramita na Justiça Federal. O BNDES vem sendo investigado em inúmeras operações de empréstimos bilionários realizados por governo mafiosos e corruptos e cujos muitos destes empréstimos foram para empreiteiras envolvidas na Operação Lava - Jato e onde boa parte dos recursos destes empréstimos financeiros foram parar em paraísos fiscais e em obras recheadas de fraudes em vários países como de Cuba; Venezuela; África e alguns da América Latina como apontaram parte das investigações até agora na Lava-Jato.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar