Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020
PF e MPF desbarata quadrilha de corruptos em vários estados que desviaram recursos da Saúde. Em SC, presidente da FECAM foi preso em outra operação
Brasil sofre 85% da falta de insumos à Saúde ; enquanto quadrilhas desviam recursos públicos e medicamentos. PF e MPF prendem vários, incluindo em SC
13/08/2020 | 12:10
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal (MPMPF), juntamente com a Corregedoria-Geral da União (CGU), deflagaram na manhã de quarta-feira (13), a Operação Vírion que levou à prisão diversos membros de uma organização criminosa, um bando de ladrões do dinheiro público que atuava em sete estados brasileiros ( Roraima- a base do esquema criminoso ; Distrito Federal (DF); Rio de Janeiro; São Paulo; Goiás; Minas Gerais; Rio Grande do Sul; Bahia; Amazonas e Pará).

 

Em Santa catarina em uma outra operação e pela GAECO- Grupo de Apoio ao Combate ao Crime Organizado, levou á prisão o prefeito de Major Vieira que é atual presidente da Federação dos Municípios do Estado de Santa Catarina - FECAM Orildo Severgnini (PMDB). O Brasil sofre em plena crise profunda, grave devido à pandeia do novo coronavírus Covid-19; uma falta de cerca de 85 % dos insumos necessários e urgentes e os quais deveriam estar presentes dentro de hospitais em todo o Brasil,. Mas, o roubo de centenas de milhões por criminosos, ladrões do dinheiro que é do povo, cuja população em sua grande maioria; vem sofrendo consequências diante desta grave doença epidêmica que já matou mais de 115.000 mil pessoas somente no Brasil e afetou outras mais de 3.600.000 mil pessoas neste país.

 

A roubalheira do dinheiro públicos e desvios de insumos como medicamentos, aparelhos respiratórios, bem como de Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs); está tão intensa como demonstram várias das investigações já realizadas pela Polícia Federal (PF) ; MPF; GAECOS e a Polícia Civil de too o país. É necessário que o povo brasileiro afetado, seja pela roubalheira de seu dinheiro que vai para os impostos, tributos diversos, taxas públicas diversas e com preços elevados; explorados; comecem a reagir de forma mais rigorosa no controle de quem vem roubando este dinheiro público e faça denúncias à Justiça tanto no âmbito municipais, estaduais e federal.

 

Que cada cidadão ao tomar conhecimento destes crimes levem ao conhecimento também da Polícia Federal (PF) e da Polícia Civil. É preciso eliminar a corrupção antes que o Brasil corra sérios riscos de ter ações que visem eliminar corruptos - o cabe à Justiça fazer valer a Justiça dentro dos parâmetros da lei, da Constituição Federal; levando quadrilhas de organizações criminosas; corruptos à prisões e não que recebam habeas corpus a enxurradas oferecidas pelo Supremo Tribunal federal (STF) e pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ), como já ocorreram em várias das ocasiões neste país. Somente na ação da pF; MPF e da CGU diante da Operação Vírion cerca de R$ 50 milhões foram desviados, segundo apurou a investigação. E no Rio de Janeiro, uma quadrilha também foi presa devido ao roubo e desvios de cargas de medicamentos e cujo montante pode alcançar cerca de R$ 1 milhão de reais. Num barracão, a PF e MPF detectaram caixas e lotes de medicamentos adulterados e já vencidos e que estariam provavelmente sendo repostos à venda pela quadrilha.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar