Quinta-feira, 22 de Outubro de 2020
Lava- Jato: Sai Deltan e assume José Fernandes de Oliveira. Operação Lava-Jato continuará mais forte e ostensiva
Lava-Jato: Sai Deltan Dallagnol e assume coordenação José Fernando de Oliveira. Lava-Jato continuará mais forte e ostensiva
03/09/2020 | 11:28
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A coordenação da força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba (PR), possui um novo coordenador. Trata-se do procurador Federal José Fernando de Oliveira que assume no lugar de Deltan Dallagnol. A saída de Deltan desta coordenação dos trabalhos investigatórios da Operação Lava-Jato, em Curitiba (PR), teve dois aspectos diretos envolvendo sua saída: a primeira e determinante relacionada a saída foi diante de situação de saúde de um familiar e as constantes pressões principalmente oriundas da Procuradoria-Geral da República (PGR), em que Augusto Aras tecia críticas severas aos trabalhos da equipe de Deltan Dallagnol, além certamente; de pressões de setores poderosos e mafiosos envolvidos em casos de corrupção e de organizações criminosas com proximidades de forças políticas e até do próprio Judiciário, principalmente em instâncias superiores como do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), onde Deltan Dallagnol teve a coragem de abrir críticas sobre o excesso de concessões de habeas corpus para mafiosos e corruptos presos em várias das operações da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF) e que chegando nas instâncias que deveriam dar devido respaldo jurídico contra atos de corrupção no país, pelo contrário, acabavam justamente dando proteção para mafiosos e corruptos através de concessões monocráticas de habeas corpus.

 

Fim do Foro Privilegiado tem que ocorrer urgente no Brasil

Basta ver casos mais recentes nesta semana que até votações de processos contra mafioso e chegou a dar empate e favorecendo exatamente corruptos comprovadamente através de investigações da PF e do MPF. Empate destas votações de Suprema Corte devido á ausência de alguns ministros que não exerceram a votação sobre os casos recentes e mostrados pelos noticiários de todo o país. O que se espera daqui em diante é o fortalecimento desta Operação Lava jato no combate contínuo da corrupção e da conclusão daquilo e muito ainda que falta para de fato concluir toda esta Operação. Afinal, são inúmeras ramificações desde ao início da Lava-Jato e que atingiu até agora centenas de mafiosos e corruptos de várias matizes: desde políticos; empresários; doleiros; advogados; enfim, uma gama de pessoas que praticaram atos criminosos e prejudiciais à toda população brasileira. E o fim do tal Foro privilegiado tem que acabar e urgentemente no Brasil. Chega de proteção para bandidos; mafiosos e corruptos neste país. A Lava-Jato deve continuar, permanecer forte e segura, contínua.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar