Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2021
Enxurradas provocam mortes e destruição em Presidente Getúlio e Ibirama (SC). Radar meteorológico de R$ 10 milhões estragado
17/12/2020 | 23:35
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A população que reside nos municípios de Presidente Getúlio e Ibirama (SC), regiões mais atingidos pelas enxurradas ocorridas na quarta-feira (16) e madrugada de quinta-feira (17), continuam preocupadas diante possibilidades de ocorrência de mais chuvas fortes nestes próximos dias em toda a região do Alto Vale do Itajaí (SC). A s enxurradas provocaram 10 mortes e há cerca de 20 pessoas desaparecidas devido esta tragédia - a maior do gênero ocorrida em Presidente Getúlio e Ibirama.

 

Equipes da Defesa Civil estão atuando na região prestando serviços de atendimento às famílias atingidas pelas enxurradas e realizando levantamentos sobre os estragos provocados pela forte chuva que atingiu toda a região do Alto Vale do Itajaí. A tragédia ocorrida em Presidente Getúlio e também em Ibirama, localizados na região do Alto Vale do Itajaí (SC), poderia ter evitado principalmente registro de mortes, uma vez que se o radar meteorológico de Lontras (SC), estivesse em pleno funcionamento e dentro das condições ideais de registros eminentemente precisos com relação à incidência de fortes chuvas como a que ocorreu na região; a população daquela região estaria com informações antecipadas sobre os riscos que estariam sendo submetidas diante desta enorme enxurrada que provocou mortes e danos materiais de elevada monta para seus habitantes.


Radar meteorológico para quê se fica sem funcionamento

O radar meteorológico adquirido pelo governo estadual e instalado em 2014 no município de Lontras, ali próximo de Presidente Getúlio e de Ibirama ao custo de R$ 10 milhões de reais continua estragado desde agosto passado. A tragédia climática que provocou fortes enxurradas na região do Alto Vale do Itajaí (SC), mesmo com o funcionam4nto deste radar seria inoperante devido a sua capacidade de indicar com precisão antecipada de ocorrência de chuvas na região, pois segundo informações; o radar de R$ 10 milhões que continua estragado, inoperante; oferece condições de precisar apenas cerca de duas horas antes uma ocorrência pluviométrica.


Radar meteorológico em Lontras (SC), ; estragado de R$ 10 milhões serve para quase nada

Há suspeitas de que o radar meteorológico de Lontras; não tenha suficiente capacidade de operar na prevenção de desastres como ao que ocorreu em Presidente Getúlio e em Ibirama e que poderá novamente ocorrer diante de previsão de mais chuvas para toda a região nestes próximos pelo menos dois a três dias. Sem o funcionamento do radar de Lontras, o monitoramento contínuo está sendo realizado com imagens pelo radar do Morro da Igreja, em Urubici (SC). O radar de Lontras não tem prazo para voltar a funcionar, segundo informações. Com o radar parado impacta a emissão de alerta de curto prazo.

 

Assim sendo; não produz informações para previsão do tempo, auxiliando apenas na informação de eventos climáticos de curto prazo, ou seja, cerca de duas horas antes aproximadamente. Diante de eventos de chuvas como acontece desde quarta -feira (16), na região do Alto Vale e Vale do Itajaí (SC); gera grandes dificuldades para emitir estes alertas meteorológicos quando ocorre eventos de chuva. Portanto, pouca utilizada `eventos longos. Fica claro que o radar de Lontras de valor de R$ 10 milhões de reais adquiridos pela governo estadual durante gestão de Raimundo Colombo (PSD), não é tão relevante, pois faz apenas previsão de longo prazo e que ainda deixa numa situação pior quando se está estragado à espera de reposição de peças. E mais ainda: os dados de medição e da quantidade de chuvas ; não o torna confiável. Pois, se desconhece a calibragem deste radar de Lontras (SC).

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar