Quarta-Feira, 20 de Outubro de 2021
Sinal de alerta : Velhas raposas da política brasileira querendo retornar à cargos eletivos
10/08/2021 | 23:27
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Passa eleição e vem eleição e lá estão elas: as chamadas " velhas raposas " da política brasileira. Não querem largar o osso, ou melhor, não querem largar as mordomias, altos salários, benesses que vão desde auxílios como de moradia; verbas de gabinete; etc. Eis que o Brasil possui enraizada no campo político uma viciada legislação que produz facilidades para que este tipo de manutenção de cargos eletivos ocorram neste país. Sem uma profunda e ampla reforma política, não haverá em médio prazo uma melhor condição de que a sociedade brasileira, em especial os eleitores possam contar com um avanço moderno na legislação eleitoral, bem como, em toda a legislação que abrange desde punições aos crimes como corrupção, lavagem de dinheiro; caixa dois de campanha eleitoral, organização criminosa, etc.

 

As quadrilhas que atuam no meio político brasileiro, estão obtendo uma espécie de blindagem oriundas de órgãos que deveriam impor um rigor contra os atos ilícitos já apontados, descobertos através de várias das investigações realizadas pela Polícia Federal (PF) e pelo Ministério Público Federal (MPF). Exemplos desta omissão seja ela propositada ou não como ocorre em várias das investigações, escândalos de corrupção tais como desde o mensalão, lava Jato, zelotes, fraudes em fundos de pensões, dentre outros escândalos que provocaram muita roubalheira bilionária dos cofres públicos deste país.

 

Como poucos ladrões, corruptos e mafiosos foram parar na prisão por atos ilícitos, esperar quais reações de legitimação maior e eficaz, responsáveis e ética de quem deveria impor punições a centenas de mafiosos que atuam no Brasil , questiona-se seguidamente por grande parcela da sociedade brasileira. É esta omissão principalmente do Supremo Tribunal federal (STF); do Supremo Tribunal de Justiça (STJ); do próprio Tribunal Superior Eleitoral (STE) e da Procuradoria-Geral da República (PGR), que levam o Brasil à vivenciar a maior crise da história deste país.

 

E para manter este tipo de fragilidade estrutural política-administrativa, jurídica, social e econômica brasileira é que se faz necessário que o povo participe mais em fiscalizar, cobrar e exigir mais responsabilidades quanto às resoluções dos graves problemas que o país atravessa: corrupção avassaladora; desemprego elevado, alta inflação; falta de melhorias na Saúde; Educação; Habitação; Infra estruturas; e promover enfim, reformas condizentes com a nação brasileira. Portanto, muito desta solução passa pelas eleições e observar bem que as velhas raposas do meio político estão já de olho nas eleições de 2022.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar