Terça-Feira, 21 de Agosto de 2018
Eleições e as novas lições
Por Agnaldo Godoy
04/10/2016 | 20:47
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Estas eleições de 1 de outubro trouxe em todo o Brasil uma nova característica traduzida pelos votos do eleitorado. Ou seja: ocorrera um elevado índice de abstenções; votos brancos e nulos nunca antes registrados em eleições e tudo isto reflexo da avalanche de corrupção envolvendo muitos agentes políticos. Outra grande característica destas eleições no país; foi o surgimento de novas lideranças em praticamente todas as regiões. Fato relevante também o crescimento de siglas partidárias como do PSOL e PSB que vão consolidando-se como novas opções partidárias da esquerda substituindo a lacuna deixada pelo PT que nestas eleições de outubro, praticamente sofreu uma verdadeira bancarrota nas urnas.

 

O PT tinha 630 prefeituras e caiu para 256 nestas eleições municipais. Outro fato de destaque nestas eleições de 1 de outubro foi a vitória de João Dória à prefeitura de São Paulo (SP), em primeiro turno - a primeira ocorrida em primeiro turno na história política de São Paulo (SP). E outro aspecto muito importante nestas eleições de 1 de outubro, foi a pulverização e crescimento de praticamente a grande maioria das siglas partidárias; não ocorrendo como em eleições anteriores uma centralização dos votos dos eleitores em grandes siglas partidárias como especialmente do PMDB;PSDB;PT;PP;PSD e PDT. Nestas eleições de outubro o PMDB e PSDB em termos de número de votos mantiveram-se fortalecidos e houve pequeno avanço em número de prefeituras onde as duas siglas obtiveram vitórias: PMDB tinha na eleição de 2012 obtido 1015 prefeituras e agora alcançou vitória em 1028. Já, o PSDB saiu de 686 para 793 prefeituras.

 

A votação está mais distribuída entre as siglas partidárias nestas eleições de 1 de outubro. Isto mostra o interesse do eleitorado em construir a busca de um novo caminho político partidário, deixando de lado o interesse pelas maiores siglas partidárias como tradicionalmente ocorria na política nacional. PSOL;PR;PTB;PSB;PV; Rede e outras pequenas siglas partidárias começam ganhar visibilidade maior no meio político nacional e isto possibilita ao eleitorado novas opções não somente partidárias como também observar e analisar profundamente as novas propostas administrativas e legislativas para fortalecer a democracia e recuperar o país da crise econômica; social e política.

 

Em Florianópolis (SC), o destaque destas eleições foi a votação para o então candidato a prefeito professor universitário Elson (PSOL), que obteve mais de 51 mil votos e quase chegou alcançar a disputar o segundo turno enfrentando Gean Loureiro (PMDB), o qual disputará a prefeitura com Angela Amin (PP). O PSOL reelegeu em Florianópolis os vereadores Marcos José de Abre (Marquito) com 5.448 votos - o segundo mais votado e reelegeu Afrânio Boppré como sendo o terceiro mais votado destas eleições com 5.432 votos. Com reduzido espaço de tempo na Tevê e rádio no programa eleitoral gratuito, o PSOL apresentou-se em Florianópolis como uma nova e reveladora opção eleitoral nesta e para as próximas eleições. E também em Florianópolis outro grande destaque foi a votação do vereador Pedrão (PP) que alcançou mais de 11 mil votos, tornando-se a maior votação em Santa Catarina para um vereador. E na cidade serrana catarinense de Lages, o jornalista Lucas Neves (PP), registrou mais de 6 mil votos sendo outra grande revelação destas eleições municipais em Santa Catarina.

 

Portanto, o Brasil caminha em busca da consolidação da democracia e almejando através de renovações dos quadros políticos-partidários, garantir o reencontro com o desenvolvimento social, econômico e sustentável. Somente com a Educação fortalecida; com os direitos e garantias solidificados pela Constituição Federal, com a Saúde e Segurança Pública amplamente asseguradas no trabalho e na valorização; com projetos de infraestruturas em todas as áreas amplamente atendendo aos interesses e toda a sociedade brasileira, haverá desta forma com respeito ao erário público e com as leis atendendo de forma ética e de Justiça plena; o país e toda sua população viverá certamente dias bem melhores aos que ultimamente vem vivenciando.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar