Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017
Máfia no Brasil sofrendo efeito dominó: caiu um vai todos
Por Agnaldo Godoy
14/06/2017 | 20:01
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Nenhum país do mundo passou ou está passando o que o Brasil vivencia na atualidade. O robusto; combate determinado contra a corrupção. Mais ainda: contra a máfia que há décadas bem organizada, estruturada em todos os campos administrativos públicos ( Executivo; Legislativo e Judiciário); partidos políticos; estruturas jurídicas desde a base até ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), além do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), onde mais do que claramente se vê reações através de votações diante de punições para centenas de mafiosos como nas recentes ações do mensalão e mais precisamente com a Lava Jato; onde a sociedade brasileira notadamente vê nítidos propósitos de defesa de corruptos e mafiosos durante votações destas ações criminosas que envolvem principalmente roubos bilionários dos cofres públicos, além de formação de quadrilhas; falsidade ideológica; lavagem de dinheiro; superfaturamento em obras, serviços e consultorias públicas; pagamentos milionários de propinas, dentre outros atos ilícitos que culminam em prejuízos à toda população deste país.

 

Mas, uma coisa é certa: mesmo havendo reações propositadas dentro destas estruturas; há de se analisar que mesmo diante destas resistências pró-mafiosos; o propósito de Justiça permanece superando gradativamente estes grandes obstáculos que provocam há décadas prejuízos bilionários aos cofres públicos deste país.

 

E em praticamente todos os setores organizados da sociedade brasileira a corrupção está infelizmente presente, porém, sendo combatida permanentemente e isto deve ser constante e cada cidadão deste país precisa fazer sua parte no trabalho de combate à corrupção, aos corruptos levá-los à prisão. Ao se notar a listagem de mafiosos; corruptos, ladrões do dinheiro público no Brasil e que já muitos destes mafiosos desviaram bilhões aos paraísos fiscais; compreende-se a volumosa e escandalosa vertiginosa criminalidade construída especialmente pela classe política ao longo das últimas quatro décadas no país.

 

Principais lideranças políticas estão envolvidas em processos criminosos na Justiça. Muitos deles até já foram presos. Outras dezenas presos e soltos e agora em prisão domiciliar utilizando tornozeleira eletrônica e sendo monitorados pela Polícia Federal. São intensas listagens de nomes de figuras tradicionais do meio político, empresarial e social envolvidos em escândalos de corrupção no Brasil e que na medida em que vão sendo realizadas as delações premiadas à Justiça Federal; vão igualmente sendo ampliados o número de processos devido ao aumento deste número de mafiosos; ladrões do dinheiro público em todo o país.

 

A grande maioria das cidades, dos estados etão praticamente falidos ou semi falidos devido à incompetência administrativa e política de uma gama ampla de políticos maus gestores ou por não devido preparo para a função ou por devida vontade própria em praticar corrupção. Isto serve também para muitos governadores; ex-prefeitos; e-governadores incompetentes e que deixaram um legado negativo no âmbito da administração pública.

 

Pior ainda é ver que nem mesmo estruturas fiscalizatórias como Tribunais de Contas e Legislativos Municipais ou estaduais e que deveriam prestar maior vigilância, fiscalização dos gastos públicos; praticamente formaram uma espécie de conluio com prefeitos e governadores corruptos e, portanto, deixaram de promover devidas ações para coibir roubalheira do dinheiro público.

 

Não dá nem para citar um só nome de algum político mafioso - pois são centenas deles e daria muito espaço para ressaltar estes mafiosos, corruptos, porém, são centenas destes mafiosos que ao longo dos anos ludibriaram a sociedade brasileira; prometendo reformas; prometendo projetos bem elaborados e justos, coerentes e necessários para resolver graves problemas no país. No entanto, nada disto ocorreu.

 

Pelo contrário: só roubalheira e de bilhões. Alias, calcula-se que são mais de R$ 3 trilhões roubados dos cofres públicos nas últimas quatro décadas neste país. É algo assustador quando se percebe que esta quantia resolveria muito bem os graves problemas nas áreas da Saúde; Educação; Segurança Pública; Infra estrutura e geração de emprego e renda e, portanto, haveria um país em que a Justiça Social prevaleceria de forma ampla e irrestrita.

 

Mas, o Brasil, o povo brasileiro sabe que a partir de agora se deve além de manter esta faxina, limpeza retirando do convívio social os corruptos, mafiosos, levando-os para a prisão; já é o início de uma nova e importantíssima fase histórica para o Brasil.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar