Segunda-Feira, 11 de Dezembro de 2017
Brasil a um passo da faxina contra a máfia
Por Agnaldo Godoy
07/07/2017 | 20:45
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Há muitos anos previa-se de que o Brasil passaria mais cedo ou mais tarde pela fase ao qual está atravessando. Ou seja, combate efetivo, inconteste contra a corrupção; contra corruptos; contra a máfia. Máfia esta super organizada e infiltrada ao longo de anos através de mecanismos dos mais prejudiciais ao povo deste país.

 

Eleições manipuladas, fraudadas com recheio de investimentos bilionários onde o objetivo maior foi garantir a sustentação de uma organização criminosa como a que o Brasil, o povo deste país e de repercussão internacional, vivencia de forma que deixa muitos cidadãos envergonhados em até dizer que é brasileiro, nato deste país. Envergonhados devido ao fato de contar com representações políticas e também em outras esferas de poder constituído deste país; onde mafiosos estão envolvidos em escândalos de corrupção.

 

Muitos destes mafiosos; corruptos; tiveram o alcance de seus objetivos criminosos e prejudiciais à toda população do Brasil; graças aos milhares e milhões de votos obtidos em eleições em todos os níveis: executivos; legislativos municipais; estaduais e federal. Os prejuízos são incalculáveis e financeiramente pode atingir mais de R$ 4 trilhões de reais em apenas poucos anos diante deste volume de dinheiro roubado dos cofres públicos.

 

Dinheiro suficiente para que a máfia pudesse prolongar a manutenção de agentes mafiosos infiltrados nestas instância de poder e fora do poder de estado em si; objetivando roubar ainda mais dinheiro público - dinheiro arrecadado de impostos; taxas e tarifas públicas de preços considerados muito elevados em todo o país.

 

Entretanto; operação desde ao Mensalão -Ação penal 470 que levou e desmantelou parte desta máfia de políticos com asseclas e de vários empresários mafiosos; doleiros mafiosos; dentre outros que tiveram nomes envolvidos no mensalão; além da atual Operação Lava Jato com maior rigor e ênfase nas investigações em que também envolvem políticos mafiosos; corrutos e ladrões do dinheiro público; formando verdadeiras quadrilhas de ladrões profissionais e que sequer possuem o mínimo de vergonha em ver seus nomes sendo desmascarados diante de suas famílias; amigos e do restante da sociedade deste país.

 

O povo brasileiro deverá manter-se atento quanto às próximas eleições e evitar pelo menos reeleger corrupto e aliado de corrupto. Aliás, aliados de mafiosos é o que mais possui especialmente nas instâncias partidárias. Afinal, raramente se vê algum corrupto, mafiosos sendo expulso de alguma sigla partidária que possuem mafiosos envolvidos em escândalos e roubalheira do dinheiro público..

 

Pelo contrário, possuem guarida e até são eleitos em postos chaves dentro do esquema político, seja, na esfera municipal, estadual e federal. Mas, as eleições de 2018 estão aproximando-se e caberá a cada cidadão que irá às urnas; com sabedoria e responsabilidade buscar novos representantes políticos que possuam uma trajetória de vida sem estar alicerçado em alianças espúrias partidárias ou vinculados de forma próxima com mafiosos e corruptos deste país.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar