Sábado, 17 de Novembro de 2018
Bolsonaro pode vencer no primeiro turno a eleição presidencial
Por A. Godoy
03/10/2018 | 19:45
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O Brasil pode dar exemplo de como acabar de vez com gastos exorbitantes em eleições. E Bolsonaro poderá definir sua vitória no turno. Este é o caminho para o Brasil sair desta grave crise que governos mafiosos e corruptos anteriores (PSDB/PMDB; PT/MDB e aliados de governo); provocaram à Nação.

 

Sair desta crise é com Jair Bolsonaro (PSL), o qual possui grandes chances de vencer esta eleição presidencial neste próximo domingo (7). Há indicadores em todos os segmentos da sociedade brasileira movimentando-se nesta direção. Isto é: Bolsonaro eleger-se novo presidente do Brasil no primeiro turno destas eleições. Movimentações estratégicas políticas que começaram ocorrer na reta final desta campanha presidencial estão levando à direção de crescimento substancial da candidatura de Bolsonaro (PSL), à presidência da República.

 

O aumento abrupto da rejeição de Fernando Haddad (PT), logo após a delação do mafioso e ex-ministro dos governos Lula e Dilma (PT), Antonio Palocci - que está preso assim como está o ex-presidente mafioso e corrupto Luís Inácio Lula da Silva (PT); além dos desgaste do governo Temer (MDB), que foi vice-presidente de governos mafiosos do PT; somando-se estes e outros fatores que mostram o desgaste da candidatura de Haddad justamente na fase mais importante que é a véspera destas eleições.

 

Bolsonaro (PSL), cresce com adesões importantes de lideranças em todas as regiões do país como consequência desta reviravolta como mostram as recentes pesquisas de principais institutos que realizam coleta de dados e que divulgam à Nação Brasileira. Vencer uma eleição no primeiro turno é possível. Bolsonaro (PSL), é o fato novo na mais recente história da política deste país em que disputa exatamente polarizando contra o representante de quadrilhas e mafiosos que por quase quatro gestões de governo do Brasil; colocaram a Nação na pior crise econômica, social; política e jurídica deste país.

 

Acabar de vez com essa sequência desastrosa de organizações criminosas infiltradas dentro do meio político onde utilizam siglas partidárias como se fossem uma espécie de facções políticas a serviço da roubalheira do dinheiro público - dinheiro do povo que paga elevados tributos; impostos; taxas e tarifas públicas; combustíveis de preços super elevados; juros bancários elevadíssimos que geram a concentração de dinheiro, bem como; desvios bilionários dos cofres públicos com sistema de lavagem de dinheiro; super faturamento de obras; serviços e consultorias públicas; uso de laranjas para esconder riquezas e patrimônios; dentre outros atos ilícitos e fazem do Estado um lugar para através da manutenção de poder; provocar danos incalculáveis para dezenas de milhões de cidadãos deste país.

 

Portanto; dia 7 de outubro de 2018; será uma data histórica como nunca antes registrada no Brasil. Será o instante do início de nova retomada de defesa de princípios; ética; respeito à vida e aos direitos coletivos e individuais; reformulação de padrões de atuação governamental e de busca de reotmada do desenvolvimento social; econômico e sustentável do Brasil.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar