Sábado, 17 de Novembro de 2018
STF e as solturas de mafiosos não é antidemocrático? Eis a questão !
Por A. Godoy
23/10/2018 | 21:56
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

As solturas de corruptos, mafiosos não é tido como algo estarrecedor e vergonhoso à Nação Brasileira? Claro que sim. Porém, um deputado federal ao manifestar a livre opinião, criticando a atuação de uma possível tomada de decisão contra um presidente de forma igualmente arbitrária a exemplo de decisões monocráticas já praticadas há anos seguidos por vários ministros Supremo Tribunal Federal (STF), beneficiando quadrilhas, corruptos e mafiosos que roubaram bilhões dos cofres públicos, parece não preocupar o Supremo Tribunal Federal (STF).

 

Cá entre nós: haja paciência diante do Supremo Tribunal Federal (STF) quanto do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), que basta averiguar e pesquisar ao longo as últimas décadas, quais foram os grandes benefícios em prol do país em que houvesse conclusões e julgamentos dos mais graves processos exigindo julgamentos rápidos e dentro do contexto de efetiva justiça.

 

Há, entretanto, de ressaltar alguns fatos exemplares como ao do julgamento da ação contra o ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva (PT). Porém, centenas de outros mafiosos continuam livres, muitos beneficiados pela prescrição dos crimes praticados e graças a demora de julgamentos por parte especialmente do STJ.

 

Mafiosos e corruptos beneficiados pela concessão de habeas corpus - e aí residem muitos deles em que o STF acabou sendo um aliado através de decisões monocráticas de ministros como principalmente de Gilmar Mendes - que concedera mais de duas dezenas de habeas corpus em apenas menos de 24 meses.

 

Nestes casos, estas decisões não são intolerantes, inaceitáveis pela sociedade deste país ? Claro que são ! É inaceitável ver bandos de quadrilhas soltos após praticarem comprovadamente através de uma série de um trabalho investigativo por parte da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF), e que ao chegar estes processos na esfera do STJ e STF; acabam ficando literalmente engavetados, engessados e propiciando à chegada da prescrição.

 

E vermos corruptos tais como um ex-ministro da Casa Civil na gestão de Lula (PT, o mafioso José Dirceu (PT), solto e onde ao contrário, deveria estar atrás das grades a fim de cumprir os mais de 30 anos de prisão por vários crimes praticados como desde lavagem de dinheiro; corrupção ativa e passiva; formação de quadrilha e falsidade ideológica; assim como vários outros agentes políticos e também de fora do meio político e que em conluio formaram verdadeiras quadrilhas para arrancar, roubar dinheiro públicos aos bilhões.

 

São fatos que merecem profunda análise por parte da sociedade brasileira. Afinal, áreas da Saúde ( onde faltam mais de 50 mil leitos em hospitais; falta equipamentos; faltam mais profissionais e também maior valorização destes profissionais. assim como na Educação ; Segurança Pública e geração de emprego e renda para mais de 15 milhões de brasileiros ).

 

Então convenhamos: destacar que o STF assim como o STJ e até outros órgãos importantes deste país como do STE ( Supremo Tribunal Eleitoral ); dentre outros espalhados pelo país; que juntos consomem cifras astronômicas anualmente para suas manutenções: salários; benefícios como desde auxílios-moradia, etc; despesas de gabinete e de todo o restante destas estruturas públicas. Há de ressaltar também da necessidade da redução do número de parlamentares no Brasil, além do chamado " enxugamento da máquina pública ".

 

É com amplas medidas, profundas reformas e acabar com muitas benesses no serviço público que o Brasil avançará na conquista de melhores dias para toda a população. Justiça é Justiça e começa o exemplo pela própria Justiça e o Brasil está carente desta Justiça Social e Econômica. Portanto, a recente crítica do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), provocou uma espécie de tsunami dentro da esfera do Judiciário, especialmente no STF e STJ. Acorda Brasil !

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar