Sábado, 17 de Novembro de 2018
Corrupção no Brasil ? Agora que o bicho vai pegar. Ordem será aprofundar investigações e prender corruptos
Por A. Godoy
04/11/2018 | 0:35
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Se alguém acha que combater a corrupção no Brasil é algo frágil e que a Operação Lava Jato - a maior do gênero em todo o mundo com roubalheira de centenas de bilhões dos cofres públicos no Brasil, estará muito redondamente enganado.

 

Ocorre que a chegada de Jair Bolsonaro (PSL) na presidência da República; tendo ao seu lado um contingente de pessoas altamente focadas no combate à corrupção no Brasil e também no âmbito de reconstruir esta Nação debilitada, fragilizada diante das mazelas, ações corruptas e práticas inúmeras ilícitas e que há décadas; quadrilhas e muitos agentes corruptos que estiveram e ainda outros continuam ocupando cargos públicos; poderão certamente se deparar com uma ação mais enérgica neste contexto de combate rigoroso à corrupção no Brasil.

 

Ao assumir a partir de janeiro próximo o Ministério de Justiça; o juiz federal Sérgio Moro, que por quatro longos anos acompanhou de perto e na coordenação da Operação Lava jato, sabe muito bem como o Brasil carece de uma agenda mais rigorosa e necessária ao combate a corrupção.

 

A Operação Lava Jato já é uma espécie de laboratório de experiência desde as questões investigativas e dos trâmites internos judiciários e que precisam ainda mais de fortalecimento e trabalho em prol da Nação Brasileira. A sucessora de Sérgio Moro , a juiz federal Gabriela Hardt, da 13a Vara Federal em Curitiba (PR), certamente sabe da responsabilidade e da nova missão que recebe a partir deste instante em que Sérgio Moro, ao assumir o Ministério da Justiça, a partir de janeiro próximo, uma nova agenda se fixa na missão árdua de combate rigoroso a corrupção no Brasil.

 

Há, evidentemente àquelas pessoas que torcem ao contrário. Ou seja, que haja impedimentos, atrasos propositais como de tocar adiante os processos contra a máfia e aos corruptos no Brasil a exemplo do que se viu em muitos casos até aqui em que vários processos sequer chegaram à sua conclusão final.

 

Muitos destes processos contra corruptos ou ficaram engavetados e muitos outros alcançaram o absurdo da prescrição. isto é: venceu o prazo final e nada se fez por parte da Justiça quanto á punições aos mafiosos e corruptos que se beneficiaram destas benesses da legislação deste país.

 

Leis em muitos casos delas que visaram unicamente dar mais condições de que ao se praticar determinados atos ilícitos e, principalmente, quando se envolve muitos milhões de reais ou de dólares ( em paraísos fiscais ); nos parece haver uma espécie de conluio em que uma amplitude de esforços invisíveis aos olhos da sociedade acabam beneficiando estes mafiosos e corruptos.

 

Portanto, o Brasil não terá freio de mão puxado e quanto mais terá recuo no combate a corrupção. Pelo contrário: haverá sim um avanço substancial no combate a corrupção em todo o país e é isto que a grande maioria do povo brasileiro almeja.

 

É utilizando bem os recursos públicos, aplicando-os de forma prioritária nas áreas de Segurança Pública; Saúde; Educação; Infra estruturas; Agricultura; Habitação; Saneamento Básico; Meio Ambiente e geração de Emprego e Renda é que todos os cidadãos deste país poderá conviver numa Nação onde a Justiça Social prevaleça de acordo com o conjunto destes esforços em prol de toda a Nação Brasileira.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar