Domingo, 21 de Abril de 2019
Senado Federal e Congresso Federal devem ser extintos. Afinal: servem para quê?
Por A. Godoy
08/04/2019 | 10:32
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Já está mais do que comprovado há décadas que nem o Senado federal e tão pouco a Câmara Federal servem para nada ou quase nada ao povo brasileiro. E há inúmeras razões para que isto seja uma pura verdade, pura e simples realidade.

 

Vejamos: O Senado Federal e a Câmara Federal ao longo de muitas décadas foi composto e está composto por centenas de mafiosos envolvidos em ações e processos que tramitam na Justiça Federal, seja por atos de corrupção; caixa 2 em campanhas eleitorais; lavagem de dinheiro; formação de quadrilhas e outros crimes antecedentes onde muitos deles antes de chegarem a ocupar cargos eletivos; praticaram ou pelo menos são maioria suspeitos de haverem praticados atos ilícitos e, portanto, sequer merecem a credibilidade de estarem atuando no meio político. Incrivelmente muitos destes políticos que passaram pela Câmara Federal e Senado Federal chegaram a presidir estas casas e indo parar na prisão como foi o caso do ex-deputado federal Eduardo Cunha (MDB).

 

E são dezenas de outros políticos envolvidos em escândalos como do Mensalão; Zelotes; Lava Jato e inúmeros outros escândalos de corrupção com somas bilionárias de roubalheira do dinheiro público deste país e que juntos comprovam mais do que nunca de que Câmara Federal e Senado Federal para nada serve à Nação Brasileira e ao povo deste país. Montantes financeiros e bilionários são jogados fora para manutenção da Câmara Federal e do Senado Federal.

 

Afinal, há quantas décadas o povo brasileiro aguarda pelas profundas reformas e que nunca saem concretizadas? Quais os principais papéis da Câmara Federal e do Senado Federal a de não ser exatamente o de propiciar uma legislação eficiente; rigorosa em termos de controle fiscal e de justiça social, bem como; o de fiscalizar o Executivo Federal ? Nenhum e nem outro papeis estão sendo cumpridos devidamente e desde muitos anos atrás.

 

Pelo contrário, o que o povo brasileiro viu e percebeu até hoje foram as negociatas, as maracutaias e ações de formação de quadrilhas em que boa parte dos integrantes da Câmara e Senado Federal estiveram e alguns ainda continuam estando agindo desta forma criminosa que prejudica o Brasil.

 

Os entraves e as viciadas más intenções de muitos integrantes da Câmara Federal e do Senado Federal que visam as barganhas; cargos estratégicos dentro do governo federal; bem como; aumentos de recursos financeiros para as chamadas emendas parlamentares e que servem para engordar muitos dos esquemas suspeitos já demonstrados por longas e diversas investigações realizadas pela Polícia Federal; Ministério Público Federal; Gaeco e Receita Federal em que parte destes recursos milionários de emendas parlamentares vão parar em outras finalidades não daquelas diretamente merecidas destes investimentos financeiros com recursos federal.

 

Fechar o Senado federal e o Congresso Federal bem como restringir também a ação do Supremo Tribunal Federal e do Supremo Tribunal de Justiça; ambos órgãos tendo suspeição como declarou recentemente o ex-governador do Rio de Janeiro, o mafioso e corrupto Sérgio Cabral (MDB), em que disse ter com todas as letras em delação à Justiça Federal, haver mantido digamos: esquemas e tratativas ilícitas com membros do Supremo Tribunal de Justiça (STJ).

 

As imagens arranhadas tanto do STF quanto do STJ em não agir de forma mais ostensiva quanto às ações de quadrilhas e organizações criminosas no Brasil e proceder uma série de habeas corpus para que muitos mafiosos e corruptos - ladrões de bilhões dos recursos financeiros dos cofres públicos deste país; dando plenas condições de facilitações assim com estas determinações de h.c. e que somados à demora em definir conclusões de inúmeros processos que tramitam na esfera judicial especialmente na instância maior do Judiciário; faz com que muitos casos haja prescrições e portanto; demonstrando também a ineficiência destas instâncias do Judiciário e que prejudica a Nação Brasileira.

 

Há, portanto, uma reconstrução necessária e urgente para o Brasil. Da forma com que estão as esferas de poder: Legislativo; Executivo e Judiciário, ambas contendo vírus maléficos e que deixaram o Brasil, deixaram o povo brasileiro em sua grande maioria estar passando o que vem enfrentando há muitas décadas: crise na área da Saúde; Segurança Pública; Educação; Infraestruturas; crise social com falta de geração de empregos para mais de 20 milhões de cidadãos deste país; bem como; falta das reformas profundas como da Previdência; Reforma Fiscal e Tributária; Reforma Política, dentre outras tão para que necessárias à Nação Brasileira como da Reforma do Judiciário.

 

Assim sendo; se por longas décadas nada ocorreu então para que servem a Câmara Federal e Senado Federal ? Assim para que servem também as Câmaras Municipais e Assembleias Legislativas estaduais que nada fiscaliza e nada propõe devidamente para solução dos graves problemas dos estados ( são mais de 15 estados que decretaram falência financeira ) ???? Cadê até hoje as fiscalizações destes legislativos ? Cadê as fiscalizações dos Tribunais de Contas dos Estados que deixaram estas tragédias acontecerem ???

 

Aliás: é outro também sério órgãos a terem que serem extintos: ou seja; os Tribunais de Contas dos Estados que são órgãos que possuem indicações diretas políticas dos executivos estaduais e que, portanto, sem uma isenção política não executam inteiramente os papéis devidos de uma rigorosa fiscalização. Daí, a necessidade de indicações técnicas dentro dos Tribunais de Contas dos Estados e isto já em alguns estados começaram ocorrer - o que é altamente positivo.

 

Mas, voltamos a questão da extinção da Câmara Federal; Senado Federal; Câmaras Municipais ( substituídos por conselhos comunitários representativos sem gastos públicos); bem como; extinção das Assembleias Legislativas dos Estados. Dar um foco mais no âmbito do Executivo e contendo o país um conselho de fiscalização representativo sem gerar gastos com recursos públicos, é o caminho para remodelar o papel do Estado em si.

 

O modelo atual o Estado não reflete mais a realidade de controle dos recursos públicos e das necessidades reais e urgentes da sociedade civil organizada. O Brasil, o povo brasileiro quer e precisa de um novo modelo de gestão, mais eficiente; séria e competente; honesta e transparente, eficaz e que dê resposta urgentes aos anseios da grande maioria do povo brasileiro.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar