Domingo, 05 de Julho de 2020
Guerra contra a corrupção no Brasil começa intensa neste 2020
Por A. Godoy
07/02/2020 | 13:56
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

E a luta contra a corrupção no Brasil não dá trégua contra organizações criminosas, mafiosos, corruptos que subtrai quantias vultuosas dos cofres públicos deste país. São centenas de bilhões se somados os mais recentes casos desvendados de roubos do dinheiro público brasileiro - dinheiro que pertence ao povo deste país. Neste ano de 2020, nem bem passou as férias de janeiro onde muitos mafiosos e corruptos desfrutam do dinheiro roubado do povo brasileiro; em seguida, em pleno início de fevereiro, já na primeira semana algumas operações da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF), já mostram para que existem estas instituições de amparo legal, legítimo principalmente dos direitos dos cidadãos deste país.

 

No dia 02 de fevereiro, em São Paulo (SP), a PF deflagrou a Operação Chorume - que levou à descoberta de um esquema criminoso com simulações de fornecimentos de notas fiscais frias para o Consórcio Soma- responsável pela metade praticamente da prestação de serviços de varrição em áreas públicas de São Paulo (SP). Estas investigações atingiram mafiosos e corruptos que atuavam neste esquema além de São Paulo e Itajaí (SC).

 

E já na quinta-feira (06), a Polícia Federal (PF), juntamente com o Ministério Público Federal ( MPF ), deflagraram a Operação Gaveteiros, cujas investigações revelaram esquema de uma organização criminosa junto ao Ministério do Trabalho ( extinto e hoje atuando junto ao Ministério da Economia ). O esquema da organização criminosa, segundo informações ocorreram entre os anos de 2016 a 2018 durante a gestão do presidente da República à época Michel Temer (MDB).

 

A Operação Gaveteiros culminou com cumprimento de 2 mandatos de prisão preventiva e 41 mandados de busca e apreensão nos estados de Goiás; Rio Grande do Norte; Rio Grande do Sul; Rio de Janeiro e Distrito Federal. Empresa de fachada era contratada pelo então Ministério do Trabalho durante a gestão do ministro Ronaldo Nogueira ( atual presidente da Fundação Nacional de Saúde - Funasa ), onde o esquema de desvio de recursos públicos alcançou mais de R$ 76 milhões - sendo que este valor a Polícia Federal (PF), bloqueou das contas dos investigados.

 

E, certamente, muitíssimas outras operações investigatórias da PF e do MPF deverão serem levadas ao conhecimento público do povo brasileiro ao longo de 2020, especialmente daquelas ações criminosas de corrupção; lavagem de dinheiro ; fraudes licitatórias; empresas de fachadas, uso de laranjas para desviar dinheiro público, dentre outros atos ilícitos, serão concluídos diante das diversas ramificações interligadas de mafiosos e corruptos como apontaram e continuam sendo apontadas pela Operação Lava Jato; Operação Zelotes, entre muitas outras delas. O ano de 2020 será bem mais intenso em termos destas operações, face que trata-se de um ano eleitoral e nada melhor do que o eleitorado ter um número menor de mafiosos e corruptos ligados e interessados nestas e outras futuras eleições.

 

A faxina deve continuar e mais intensa, forte contra a corrupção no Brasil. O cidadão brasileiro ou daquele cidadão que escolheu o Brasil para aqui viver neste país; juntos deverão estarem bem atentos quanto à escolha de algum candidato nestas eleições municipais de 2020. A Faxina na classe política é primordial, bem como, fora dela também. O povo brasileiro e sua absoluta maioria não aceita mais ser sacaneado com os graves problemas sociais e econômicos que vem enfrentando ao longo de décadas. São graves os problemas nas áreas da Saúde; Segurança Pública; Educação; Habitação; saneamento básico e da falta de oportunidades de trabalho e renda. Enfim, é necessário maiores oportunidades no âmbito da cultura deste país, esporte e no lazer. Então; caberá ao próprio povo promover e ampliar a faxina iniciada nas eleições passadas. Há ainda muito chorume para ser retirado deste país. Afinal, este tipo de lixo não é reciclável nem no Brasil e tão pouco em outro lugar deste planeta.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar