Sábado, 04 de Julho de 2020
Brasil onde várias pandemias chegaram antes da terrível Covid-19
Por A. Godoy
05/06/2020 | 17:57
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Indiscutivelmente a pandemia do novo coronavírus Covid-19 que atinge o mundo e onde somente no Brasil já matou mais de 39 mil pessoas e onde outras mais de 600 mil estão infectadas pelo vírus da Covid-19 neste país, uma gama de outros tipos de digamos: danos virulentos atingiram o Brasil muito antes da entrada do novo coronavírus Covid-19 no país. Isto é: a corrupção endêmica que provocou danos irreparáveis aos cofres públicos em todo o Brasil. A rede de saúde pública no Brasil foi sucateada diante dos desmandos, diante da roubalheira praticada e que continua sendo praticada por organizações criminosas; mafiosos e corruptos que sem piedade alguma não poupam em praticar roubos do dinheiro público através de lacunas abertas como da não necessidade de realização de licitações diante desta pandemia da Covid-19 e que se aproveitam para obterem recursos financeiros públicos de forma ilícita; criminosa como mostram várias das investigações que vem sendo realizadas pela Polícia Federal (PF); Ministério Público Federal (MPF) e equipes da GAECO em maioria dos estados deste país.

 

O Brasil, portanto, já vem sofrendo pandemias avassaladoras mesmo antes da Covid-19, quando milhares de pessoas já morreram por falta de condições adequadas ao atendimento de diversas causas à saúde em todo este país. São hospitais sem leitos de enfermagem e sem leitos de UTIs, bem como, muitos hospitais públicos com equipamentos sucateados e que quase seguidamente estão estragando e necessitando de reparos. Falta de vários tipos de equipamentos hospitalares na rede hospitalar pública brasileira. Além disto, falta maior valorização dos profissionais que atuam na saúde pública brasileira. Os desmandos, os conluios da máfia no Brasil provocam, portanto, danos que por consequência, certamente já levaram à morte milhões de pessoas nestes últimos pelo menos 30 a 40 anos no Brasil face ás ações criminosas de desvios de verbas públicas.

 

Enquanto o Brasil agora sofre a cada minuto perda de uma vida humana diante do novo coronavírus Covid-19, onde sequer o pico desta pandemia atingiu o Brasil, e com a aberturas diante do afrouxamento do isolamento social que vem ocorrendo na maioria das cidades brasileiras e sem um padrão de controle à pandemia da Covid- 19 neste país; a situação tende a agravar-se a cada dia que passa. Na região Norte e Nordeste do Brasil, as ocupações de leitos hospitalares atingem em muitas cidades 100 por cento da capacidade de atendimento à pacientes com sintomas da Covid-19. E em grandes centros como de várias capitais brasileiras ( Rio de Janeiro; São Paulo; Recife; Natal; Belém; Manaus; Belo Horizonte; Macapá; Rio Branco; Belo Horizonte; Salvador ), a situação já é caótica devido à falta de leitos de UTIs e de falta de respiradores pulmonares.

 

E na região Sul do Brasil, o aumento de registros de casos da Covid-19 vem também preocupando a população desta região uma vez que com a chegada e frentes frias seguidas nesta época do ano, com baixas temperaturas e maior incidência da presença do vírus H1N1 e de outros vírus gripais comuns nesta época do ano na região Sul do país, a estimativa de várias autoridades e especialistas em epidemiologia são de que haverá significativo aumento de casos de Covid -19 na região Sul do Brasil .

 

Mas, ao que tudo diante desta gravidade à saúde da população, pelo contrário, tanto governos estaduais como municipais estão intensificando autorização de retomada de vários setores de atividades econômicas - o que sem uma devida orientação e controle à prevenção da Covid-19, poderá colocar em risco maior número de pessoas à doença e, por consequência; elevar o número de óbitos pela Covid-19. Fica o alerta ! Manter o isolamento social, distanciamento social em caso de ter que sair de casa e utilizar máscara além de lavar bem as mãos com uso de álcool em gel; sabão e ou detergente apropriado para evitar o coronavírus Covid-19 e evitar levar às mãos aos olhos, boca e nariz sem antes promover a higienização correta e adequada.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar