Sábado, 23 de Janeiro de 2021
Brasil vive ensaio com uma pré - ditadura
(*) Agnaldo Godoy
01/12/2020 | 13:26
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Brasil vive uma aparente democracia. Viveu recente um período de ditadura militar amparado por muitos mafiosos e corruptos como por exemplo de José Sarney ( o primeiro governo estadual- Maranhão na época á declarar apoio ao regime da época ); passou pelas Diretas Já e por elaboração da nova Constituinte ( que garante desde saúde gratuita à todos cidadãos, dentre outros direitos fundamentais, Educação; Segurança Pública; Habitação; Saneamento Básico, Trabalho, liberdade de expressão dentre outros direitos essenciais fundamentais numa democracia). E mesmo após a década de 80; a máfia, a corrupção e organizações criminosas continuaram dilapidando os cofres públicos. Passaram governos mafiosos e corruptos como desde Fernando Collor de Mello; Luís Inácio Lula da Silva; Michel Temer e agora sob comando de Jair Bolsonaro que tem muitos aliados políticos envolvidos em processos na esfera federal por crimes que vão desde lavagem de dinheiro; corrupção ativa e passiva, e também denúncias por integrar organização criminosa.

E o surgimento em julho deste ano em que o Ministério da Justiça listou o nome de 579 pessoas que atuam em serviços públicos estaduais e federal, incluindo alguns até com fotografias, telefones, redes sociais a fim de monitorá-los e identificando-os como sendo " antifacistas ", mostra através deste chamado " dossiê " de " detratores " como menciona o governo federal que esta ação de identificação e monitoramento por parte do governo federal; reforça a tese de que Jair Bolsonaro intensifica o controle de atividades de milhares de cidadãos brasileiros, principalmente de jornalistas; influenciadores digitais, professores universitários e acadêmicos, artistas, dentre outras áreas profissionais. Entretanto, o principal de realizar o governo propositadamente não realiza.

Ou seja, controlar a roubalheira do dinheiro público e, inclusive por muitos de seus aliados políticos - a começar dentro do próprio Congresso Nacional e de cobrar dos órgãos da esfera do Judiciário ( Supremo Tribunal Federal ) e do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), além da Procuradoria-Geral da república (PGR), em acelerar os julgamentos dos processos muitos deles engavetados, parados e que são contra centenas de mafiosos e corruptos. Agora, sai uma lista de 81 pessoas como 44 jornalistas e demais pessoas tidas como influenciadoras e que o governo Jair Bolsonaro monitora á todos eles, inclusive telefones e redes sociais. Democracia no Brasil nunca existiu em sua plenitude. Se houvesse democracia, os graves problemas sociais e econômicos já estariam maciçamente solucionados.
(*) Jornalista

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar