Terça-Feira, 15 de Junho de 2021
Voto impresso é retrocesso e abre portas à corrupção maior no Brasil
10/06/2021 | 15:20
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O governo de Jair Bolsonaro pretende através de seus aliados no Congresso Nacional aprovar a volta do voto impresso durante as eleições e já previstas para 2022. Convenhamos: seria um dos piores retrocessos no Brasil. Basta relembrar que para muitas pessoas que atuaram ao longo de muitas das eleições anteriores onde ocorriam o voto impresso e que durante as apurações; era aquele entrave dos mais difícil de administrar. Uma porque envolviam milhões de pessoas no trabalho destas eleições.

 

Outra; além também das despesas dispensadas para realização das eleições e cujas despesas elevadíssimas ainda ocorrem mesmo pelo sistema eletrônico eleitoral; nas eleições com voto impresso; as apurações envolvendo milhões de pessoas espalhadas por todas os locais destas apurações pelo Brasil afora; inúmeras denúncias de irregularidades, troca de cédulas e falsificações, adulterações; enfim; haviam uma gama de ilícitos e que visavam tudo isto certamente assegurar a eleição de muitos mafiosos; corruptos e que atuavam de forma organizada numa espécie de conluio onde ali durante estas apurações, haviam certamente muitas das pessoas atuando em prol destas ilicitudes eleitoral.

 

Mesmo havendo muitas denuncias durante estas apurações, muitas delas acabam mesmo que sendo comprovadas tais ilicitudes; não ocorrendo nenhuma espécie de condenação aos criminosos. Portanto, o retorno do voto impresso durante as eleições no Brasil é um sinal de profundo retrocesso político, administrativo, moroso; inseguro ; amplia os gastos financeiros públicos; gera muitas controvérsias e um clima de embates que elevam os riscos e conflitos de interesses políticos e que acaba sobrando para a população, especialmente aos eleitores os maiores riscos tanto no campo se segurança pessoal quanto de exposição pública. No voto impresso, não envolvem multidões e foco de confusões em locais de apurações e que duram muitas horas, as vezes mais de um dia de apuração diante da contagem de votos. No voto eletrônico e que já provou ser seguro, haveria sim de ocorrer uma impressão em cada urna e desta forma assegurar maior e mais eficiente transparência e até mesmo facilitar auditorias se necessário fosse. Voto impresso deve ser repudiado, rejeitado pelo povo brasileiro. Avançar sim, retroagir nunca !

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar