Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2022
Orçamento do Governo Federal é para bolsos raros de ética !
Por A. Godoy
23/12/2021 | 9:58
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Isso é Brasil ! Um país onde a maioria dentro da classe política deixou ir para o ralo, digo: para a lixeira a ética e o respeito para com a população deste país. Não adianta mesmo relutar, ampliar o debate na sociedade brasileira quando se tem um modelo político instituído há décadas neste país que prioriza as mazelas, os desmandos. Um Brasil onde maioria da classe política prioriza seus próprios interesses em detrimento ao da grande maioria da população deste país chamado- Brasil.

 

Um país em que os conluios entre poderes são claramente interligados em prol de defesa de interesses corporativistas. Como se acreditar num Brasil onde o poder fica concentrado nas mãos de uma única pessoas e que faz controle dos demais poderes institucionais ? No Brasil, um presidente da República indica os ministros para o Supremo Tribunal Federal (STF); e dai, forma-se uma corrente que segue para o Supremo Tribunal de Justiça (STJ), e mais ainda: o presidente da República indica o ocupante da Procuradoria-Geral da República (PGR). Um exemplo claro de interesse público é definir um orçamento público e o orçamento federal para 2022, dentre muitas definições priorizou mais de R$ 4,9 bilhões para o Fundo Eleitoral ! Isto por si só já diz muita coisa...contra maioria do povo brasileiro.

 

E mais ainda: quer e faz interferências em todas as demais instituições incluindo na Polícia Federal (PF); Ministério Público Federal (MPF); além de indicar também comandantes de estatais como desde o BNDES; Caixa Econômica Federal (CEF), e mais ainda como do Banco Central e Banco do Brasil, dentre outros órgãos espalhados pelo país.

 

Enfim, com um poder concentrador, o Brasil não é republicano e tão pouco democrático. E outro fator preponderante em termos de concentração de poder político é o domínio absoluto do presidente da República ( e todos que passaram nestas última pelos menos seis gestões do governo federal ), é quanto ao comando indireto sobre maioria dos partidos políticos. Incluindo, principalmente os partidos com mais corruptos e mafiosos dentro destas siglas partidárias.

 

É aí, que fica bem mais fácil a formação das quadrilhas, a formação de muitos assaltantes aos cofres públicos deste país. Muitos partidos contendo uma gama ampla de políticos com diversos processos na esfera do Ministério Público Federal (MPF). Muitos deles alvos de várias das operações realizadas pela Polícia Federal (PF) e do MPF. Sabe lá quais razões específicas, tiveram muitos destes mafiosos e corruptos, obtenção de habeas corpus ou de solturas por decisões monocráticas de ministros ou do STF ou do STJ.

 

Mafiosos e corruptos que praticaram crimes desde lavagem de dinheiro; caixa dois de campanhas políticas; desvios financeiros milionários dos cofres públicos; formação de organizações criminosas; fraudes; enfim; vários crimes. E o que se vê notadamente é alianças políticas e partidárias sendo construídas justamente por muitos destes mafiosos e corruptos. Mas, um Brasil com este modelo político fragilizado; sem controle social e sem transparência ( nem as sigla ousam expulsar seus correligionários corruptos e mafiosos que estão e ou foram já alvos de processos por corrupção e desvios financeiros dos cofres públicos).

 

Um Brasil onde as Cortes Superiores ignoram os mais deslavados crimes praticados por políticos mafiosos e corruptos. Assim, dificilmente o Brasil sairá desta crise que há décadas predomina neste país. Quem mais sofre estes descompassos estruturais políticos- administrativos no Brasil, são milhões de cidadãos que estão seja desempregados; ou vivendo sob míseros salários e ou que mesmo tendo salário médio acaba sofrendo diante elevada inflação; elevados preços dos combustíveis; alimentos; medicamentos; transportes; vestuário; aluguéis ( afinal, milhões de famílias sequer possuem seus próprios imóveis residenciais ); e somados ainda a elevada carga tributária e imensas tarifas ( água/ energia elétrica; telefonia; pedágios, etc ).

 

Portanto, essa é a triste realidade brasileira que permeia os meandros políticos- administrativos deste país assolado pela roubalheira do dinheiro público- dinheiro do povo deste país ! E as eleições de 2022 estão se aproximando. caberá à cada eleitor ver com profunda análise e responsabilidade para ou manter muitos dos mafiosos e corruptos com mandato político e ou eleger um novo quadro político capacitado em todos os aspectos exigidos para bem representar a população deste país. Afinal, o voto é como se uma pessoa e neste caso um eleitor se olhar no espelho !

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2022 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar