Segunda-Feira, 18 de Fevereiro de 2019
Reciclagem e arte
Nas mãos do gari Sátiro, a transformação que anima a arte e a cultura ambiental
21/03/2013 | 13:02
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Basta um simples olhar para um determinado tipo de material que para muitas pessoas soa como simplesmente uma espécie de "lixo", mas que na verdade, nas mãos do artista plástico, o gari  Sátiro dos Santos Filho , que há 11 anos trabalha na COMCAP (empresa responsável pela coleta de lixo em Florianópolis,SC).

 

Sátiro dos Santos Filho, 46 anos de idade, pai de cinco filhos e com quatro netos; vem  realizando um trabalho maravilhoso com diversos materiais recicláveis. Uma exposição aberta ao público e que vai até final deste mês de março, no Espaço Cultural Rita Maria, (piso superior do Terminal Rodoviário Rita Maria), centro, em Florianópolis,SC, dá um tom deste resultado fantástico de Sátiro.

 

Um artista nato que garimpa peças que viram arte
Sátiro veio de família humilde, simples, do morro de Florianópolis,SC. Viveu a infância no meio da pobreza e sabe como valorizar a arte dentro deste olhar mágico direcionado ao seu redor. Hoje, mesmo morando no morro perto do centro de Florianópolis,SC, Sátiro instalou um belo ateliê junto a casa, na Costeira, em Florianópolis, onde convive a família.

 

São centenas de peças diversas - ( a maioria são  mosaícos que espelham a beleza da transformação artística realizada pela criatividade de Sátiro ).  Mesas, cadeiras, quadros, candelabros, enfim, diversos materiais recicláveis que viram arte e beleza nas mãos deste artista plástico catarinense.

 

Quando jovem, Sátiro atuava como pedreiro e já naquela época tinha um olhar voltado às artes plásticas. Alguns materiais de sobra de construções viravam arte nas mãos de Sátiro que aos poucos foi ampliando sua criatividade até chegar junto ao amigo artista plástico Marco Aurélio- experiente na arte do mosaíco em Florianópolis e ambos juntos instalavam algumas obras em prédios da cidade.

 

Sátiro foi ganhando experiência e maior reconhecimento artístico. " Marco Aurélio é um grande amigo que soube orientar-me, auxiliar-me à trabalhar com o mosaíco", revela Sátiro, reconhecendo o apoio do amigo. Sátiro faz questão também de destacar o apoio que recebe da COMCAP, que incentiva-o à produção artística. Mas, uma das missões que pretende desenvolver cada vez mais já que vem dedicando-se no trabalho social, incentivando crianças numa das escolas ali perto onde mora, na Costeira, é ampliar este trabalho de ensino do mosaíco ao maior número de crianças possíveis na região da Grande Florianópolis,SC.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar