Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
Escritora Janice Pavan concede entrevista ao Destaque
Escritora Janice Pavan é entrevistada pelo Destaque Catarina. Autora da obra literária
15/08/2013 | 14:10
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Destaque Catarina - O que levou você a dedicar-se à Literatura e em especial a escrever principalmente Poesia. Quando iniciou e qual foi seu primeiro poema?
Janice Pavan - Sempre fui apaixonada por palavras. A poesia foi meu fascínio antes mesmo de ser alfabetizada. Cresci entre histórias contadas por minha avó Maria e minha mãe Apolônia. O som das palavras, a declamação, a oratória me conduziram ao palco, ao teatro, ao canto e à pintura. Queria ser atriz. Tornei-me professora e, entre os alunos, de certa forma, realizei este desejo. Descobri-me poeta aos quinze anos. Aos dezoito iniciei o exercício de guardar escritos. Aos quarenta, resolvi tirá-los da gaveta e, incentivada por meu marido Nelson,publiquei Amor-Criança - inspirado pelos alunos, irmãos e filhos.
Meus primeiros poemas foram extraviados numa viagem. São versos, pois, esquecidos. Com o tempo escrever passou a ser um hábito prazeroso e enriquecedor, pois escrever nos conduz a um crescimento constante, tanto quanto o hábito de ler.



Destaque Catarina - As inspirações surgem com base em algum fato em si, concreto, ou em observações de vivências do cotidiano ou ainda outros motivos especiais para dar início à uma determinada Poesia?
Janice Pavan - Inspiração surge de várias fontes e maneiras. Um acontecimento, uma frase forte, um olhar, um gesto... Na alegria ou na dor. Na amizade ou no amor. Sobre as mazelas da vida ou inconsequências do ser. Tudo é fonte de inspiração. Escrever é um ato de viver a vida, senti-la na sua essência, estar atento ao outro, próximo ou não, querer respostas, mudanças, aproximar-se do certo, fazer desabafos... Enfim, escrever é um ato de registrar opiniões, compartilhando emoções.

 

Destaque Catarina - Quais dos seus livros têm sido o que mais repercutiu até agora junto aos seus leitores?
Janice Pavan - Editei os livros AMOR-CRIANÇA (1990-Poesia Infanto-Juvenil), LUZ NO JARDIM (1993-Ficção infantojuvenil), BICHO-HOMEM (2000-Poesia p/adulto), PAIXÃO-MULHER (2008-Poesia p/adulto) e O FEIJÃOZINHO FALANTE (2012-ficção infantojuvenil). Acredito que o segundo, o quarto e o quinto receberam maior aprovação dos meus leitores.

 

Destaque Catarina - Qual o escritor da Literatura Brasileira você aprecia as obras?
Janice Pavan - Sempre fui fã de Carlos Drummond de Andrade e Cecília Meireles.
Na atualidade, aprecio muito Luis Fernando Veríssimo, pelo seu humor irreverente (Comédia da Vida Privada e outros).
As escritoras Lya Luft, romancista e poeta, assim como a jornalista gaúcha Martha Medeiros, ambas pela clareza de estilo e pela abordagem de temas do cotidiano que fazem com propriedade e elegância.

 

Destaque Catarina - Você já pintou muitas telas e pretende dar continuidade à pintura? Que estilo de pintura realiza?
Janice Pavan - Por quatro anos dediquei-me à Pintura – Figurativa - Óleo sobre tela (1999 a 2005). Tenho oito individuais e vinte coletivas no currículo, somando mais de duzentas criações, sob os temas “peixes”, “sereias” e “pescadores”. Parei p/ dedicar-me à Literatura. São duas atividades tão intensas! No momento, preciso focar na Escrita e lançar outras obras literárias: poesia, ficção, contos e crônicas.
O próximo projeto é a segunda edição de LUZ NO JARDIM, ficção que aborda vários temas como a mendicância, o malefício das drogas, o alcoolismo, o valor da fé, do trabalho, da vida em família e da boa convivência na escola.

 

Destaque Catarina - - Fale um pouco sobre o seu livro: Paixão-Mulher e sobre o que vem pela frente em termos de novas obras literárias?
Janice Pavan -O PAIXÃO-MULHER é um encontro com a emoção. Fala de várias formas de amor: amor fraterno, amor platônico e amor-paixão. É um constante querer-bem que acaricia o coração do leitor ou da leitora. Poemas de amor para acreditar que o Amor existe nas horas lascivas, nos momentos de fraqueza, nos instantes sublimes, nas horas de dor. São versos que foram escritos com o coração p/o coração.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar