Domingo, 05 de Julho de 2020
STJ dá espécie de presente uma de Natal e manda soltar mafioso ex-governador do Rio, Pezão (MDB)
STJ que prendeu em 2018 o mafioso e corrupto Pezão (MDB) do Rio, mandou soltá-lo na terça-feira (10). " STJ dá presente de liberdade em véspera de Natal
11/12/2019 | 0:29
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ), - o mesmo que em 29 de novembro de 2018 mandou prender o mafioso e corrupto ex-governador do Rio de Janeiro Luis Fernando Pezão (MDB), que mantinha segundo investigações da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF);  o esquema  estruturado ( disse a PGR ) de organização criminosa; lavagem de dinheiro e corrupção ativa e passiva além de propinas no governo anterior de Sergio Cabral (MDB), que está preso; teve na terça-feira (10< uma benesse por parte do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) - isto mesmo - o que mandara prender Pezão em 2018, e que agora na terça-feira (10< mandou soltá-lo da prisão onde Pezão cumpria prisão preventiva desde 29 de novembro do ano passado no Rio de Janeiro.


O STJ deu una espécie de presente antecipado de Natal para o ex-governador do Rio de Janeiro Luis Fernando Pezão (MDB), que juntamente com outros ex-governadores do Rio de Janeiro ajudaram a atolar o estado em escândalos de desvios bilionários dos cofres públicos do Rio de Janeiro. Pezão (MDB), não poderá deixar o estado do Rio de Janeiro; terá que comparecer ao juízo periodicamente e usará tornozeleira eletrônica para monitoramento 24 horas por parte da Polícia Federal (PF). A decisão do STJ em prender Luis Fernando Pezão (MDB), foi do ministro Felix Fischer. Pezão (MDB) é alvo a Operação Lava Jato.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar