Sábado, 31 de Outubro de 2020
Comunidades indígenas no Brasil perdendo várias lideranças diante da Covid-19
Impacto da Covid-19 deixa comunidades indígenas do Brasil vulneráveis à doença. Vários líderes já morreram devido a Covid-19
24/06/2020 | 20:18
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A terrível pandemia continua fazendo vítimas por todo o mundo. Mais de 8 milhões de pessoas já foram infectadas pelo novo coronavírus Covid-19. Dois terços estão concentrados na Europa e nos Estados Unidos. Mais de 415.000 óbitos foram registrados no mundo diante desta pandemia da Covid-19.  No Brasil; o número de infectados da Covid-19 ultrapassa 1.190.000 mil pessoas e mais de 54.000 pessoas morreram devido à Covid-19.  E a Covid-19 vem colocando muitas comunidades indígenas sob ameaça de expansão desta doença onde vários líderes indígenas morreram devido a doença do ovo coronavírus Covid-19.  No dia 17 deste mês de unho morreu quando estava intenrado para tratamentos à saúde no Hospital da cidade de Redenção, na região do Pará; o cacique Kayapó Paulinho Paiakan, aos 66 anos de idade. 

 

No dia 21 deste mesmo mês morreu pela Covid-19 o líder indígena Higino Tenório Tuyuka - professor e primeiro pesquisador indígena de arte rupestre no Brasil e que vivia na comunidade indígena Tuyuka na região do Alto Rio Negro, na região Amazônica. E no dia 23 ainda deste m~es de unho morreu não pela Covid-19, mas devido a problemas cardíacos a índia Bekwika Metuktire, mulher do cacique e líder  Caiapó Raoni Metuktire. Bekwika temia o novo coronavírus Covid-19 e não desejava, segundo informações ser internada temendo o contágio pela Covid-19. Portanto, a pandemia do novo coronavírus Covid-19, tem sido forte ameaça às comunidades indígenas no Brasil, face à vulnerabilidade com que estão muitas destas tribos indígenas próximas de áreas onde existem garimpos e extração de madeiras na região amazônica, bem como,  intensas atividades agropecuárias e que atraem movimentação de transportes de produtos agropecuários à região amazônica. Isto sem contar o transporte de navegação pelos rios que cortam a região amazônica.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar