Terça-Feira, 15 de Junho de 2021
Tela Caipirinha de Tarsila do Amaral é arrematada em leilão por R$ 57,5 milhões
18/12/2020 | 17:02
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A tela " Caipirinha " da pintora brasileira Tarsila do Amaral foi arrematado em leilão por R$ 57,5 milhões. " Caipirinha ", torna-se assim o quadro mais caro de um artista brasileiro adquirido em um leilão. " Caipirinha ", foi levado ao arremate que ocorreu na quinta-feira (17), leiloado pela Bolsa de Arte em São Paulo (SP). " Caipirinha ", foi pintado por Tarsila do Amaral em 1923, em Paris ( França ). O último quadro de um pintor brasileiro adquirido por valor tido como o mais caro, o " Vaso de Flores " de Alberto da Veiga Guignard em 2015 alcançou em um leilão o valor de R$ 5,7 milhões. Não foi revelado a identidade de quem adquiriu " Caipirinha " de Tarsila do Amaral, mas sabe-se que é um brasileiro.

 

Tela " la Luna es menguante ", de Juan Godoy na mira de colecionadores

E por falar em obra de pintores brasileiros, uma obra intitulada " la Luna es menguante ", pintada pelo pintor brasileiro Juan Godoy ( 62); que reside em Santa Catarina e que poderá alcançar cifras acima de US$ 352 milhões de dólares e tornar-se em breve futuro uma das obras contemporâneas mais caras levadas num leilão de arte nos Estados Unidos. " la Luna es menguante " encanta pela luminosidade e a beleza dos reflexos da luz sobre coxilhas e na água de um açude. " la Luna es menguante ", de Juan Godoy, foi desenvolvida sob a técnica do contraste simultâneo das cores e utilizando a energia quântica na elaboração da mistura das cores e pintada com a tinta diretamente na palma das mãos em menos de 90 segundos. " la Luna es menguante", de Juan Godoy, portanto, já está na mira de diversos colecionadores de arte contemporânea.

 

la Luna es menguante, significa fase que encerra-se e que abre novo ciclo

Diante do que a humanidade está convivendo diante desta pandemia do novo coronavírus Covid-19; onde 2020 foi um ano de imensas dificuldades; sofrimentos; mortes diante de milhões de vítimas pela doença, uma obra de arte que traz a luz como esperança e a beleza natural sublinha a transformação, ou seja, o fim de um ciclo e o começo de uma nova realidade em que a humanidade passa a superar estas dificuldades devido a pandemia da covid-19. A tela do pintor brasileiro Juan Godoy, intitulada " la Luna es menguante ", é uma pintura enigmática; como se fosse um sonho e que pode ser alcançado mesmo durante a madrugada, e cima da aurora antes de que iniciei os primeiros raios solares do Sol.

 

E um início maravilhoso de luz, de iluminação natural e este é o espírito da lua minguante também conhecida como " Luna Vija " - fase que encerra-se e que abre novo ciclo para novas oportunidades. A tela " la Luna es menguante " de Juan Godoy, que reside no estado de Santa Catarina, representa bem este novo contexto mundial em que a humanidade está atravessando na atualidade. " la Luna es menguante " é uma obra de linguagem intensa, profunda e de representatividade ímpar das artes contemporânea. Daí, atenção voltada de diversos colecionadores para com esta preciosidade da pintura de um pintor brasileiro.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar