Sábado, 23 de Janeiro de 2021
Morreu Carlos do Carmo, a voz do Fado. A cultura perde um ícone da música portuguesa
01/01/2021 | 20:44
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Morreu na manhã de sexta-feira (1), em Lisboa ( Portugal ), Carlos do Carmo, aos 81 anos. Considerado um ícone da música portuguesa, o cantor de Fados, Carlos do Carmo, estava internado no Hospital Santa Maria, em Lisboa ( Portugal ). O anúncio da morte de Carlos do Carmo foi feita à Agência Lusa pelo filho Alfredo do Carmo. A voz do Fado como era considerado em Portugal e toda Europa e até em países de vários outros continentes; deixa um legado na cultura portuguesa.

 

Carlos do Carmo; fez sua despedida de carreira no dia 09d e novembro de 2019, durante um concerto no Coliseu dos Recreios, em Lisboa ( Portugal ). Naquela ocasião, Carlos do Carmo, recebeu homenagens e a concessão por parte do Ministério da Cultura de Portugal com a Medalha de Mérito Cultural. Carlos do Carmo, nasceu em Lisboa ( Portugal ), no dia 21 de dezembro de 1939. Era filho da fadista Lucilia do Carmo e do livreiro Alfredo Almeida - proprietários da Casa de Fados " O Faia ", em Lisboa. Carlos do Carmo iniciou sua carreira music em 1964. Carlos do Carmo era uma das maiores referencias no Fado.

 

Carlos do Carmo criou estilo no Fado através de influências musicais externas como da Bossa Nova, do Brasil. Tinha influência musical de Frank Sinatra; Elis Regina; Jaques Brel e onde desenvolveu seu próprio estilo musical do Fado, tornando-se um ícone do Fado e deixando um legado cultural extraordinário, magnânimo na história musical portuguesa. Sua carreira no Fado foi de pleno sucesso.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar