Terça-Feira, 30 de Novembro de 2021
A vida e a obra do cantor e compositor Lageano Daniel Lucena em destaque
A vida e a obra do cantor e compositor Lageano Daniel Lucena em destaque com várias homenagens
21/11/2021 | 20:08
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

No dia em que Lages (SC), completou 255 anos, o Poder Legislativo Lageano celebra um de seus maiores artistas: o cantor e compositor Daniel Lucena, falecido em dezembro do ano passado, aos 60 anos de idade,: em Florianópolis (SC) onde estava morando desde alguns anos atrás. Daniel Lucena será reverenciado com uma homenagem póstuma em sessão solene que acontece na segunda-feira (22), às 15 horas, no Plenário Nereu Ramos da Câmara de Lages (SC). Já, o escritor lageano Felipe Rigon Borba, lançou há uma semana atrás o livro Daniel Lucena : Algum caminho que me leve ao sul . O lançamento desta obra foi realizado em Florianópolis, no Palácio Cruz e Souza (30/11); em Lages (20/11), no Casarão Juca Antunes e também em Itajaí (SC), no próximo dia 40, na Casa da Cultura Dide Brandão.

 

A proposição teve a autoria da vereadora Suzana Duarte (Cidadania) e contou com o apoio e a aprovação unânime dos demais parlamentares de Lages. Como em todas as sessões da Câmara, a entrada é livre, embora haja limitação de público em respeito às regras de distanciamento impostas pela pandemia da Covid-19. Quem preferir, pode acompanhar a transmissão ao vivo da solenidade nos canais do Facebook e YouTube.

 

Daniel Lucena era o líder do Expresso Rural, banda do chamado “rock rural” que teve grande projeção no cenário musical dos anos 80. Daniel Lucena inspirou (e inspira) gerações de catarinenses com composições que se tornaram célebres como “Certos Amigos”, “Nas Manhãs do Sul do Mundo”, “Sol de Sonrisal”, “Harmonia”, “Tom Natural”, “Flodoardo”, entre outras. Em carreira solo, Daniel Lucena também compôs uma das canções mais conhecidas do cenário pop rock de Santa Catarina, “Reggae na Casa Amarela”.

 

A Câmara Municipal de Lages (SC), prestou outra homenagem ao longo da semana a Daniel Lucena, com a aprovação do projeto de lei 127/2021, que institui a música “Princesa da Serra”, de Daniel Lucena e Volnei Varaschin, como patrimônio cultural imaterial lageano e símbolo do Município de Lages (SC).

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar