Domingo, 22 de Outubro de 2017
MPF denuncia criminalmente 72 ex-deputados sendo 4 de Santa Catarina
09/08/2017 | 12:07
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O Ministério Público Federal (MPF) do Distrito Federal (DF), denunciou 72 ex-deputados federais no caso que repercutiu nacionalmente como sendo a "Farra das Passagens Aéreas", e que culminou com denúncia de 72 ex-deputados federais sendo quatro deles de Santa Catarina: Ângela Amin (PP); Carlito Merss (PT); Gervásio Silva (PSDB) e Djalma Berger (PMDB). O Ministério Público Federal (MPF), acusa os ex-parlamentares por crime de peculato - quando se utiliza dinheiro público para benefício próprio. As despesas com passagens aéreas em nome de terceiros gastos somente pelos quatro políticos catarinense gerou uma despesa de R$ 400 mil reais. Uma ação penal sobre os gastos com passagens aéreas de parlamentares de Santa Catarina gerou em novembro do ano passado contra 16 parlamentares catarinenses.

 

Enquanto os abusos com gastos utilizando-se recursos públicos vão avolumando-se em todo o Brasil, centenas de hospitais públicos estão suspendendo atendimentos face às dificuldades eminentes como de falta de leitos de UTIs, falta de medicamentos e equipamentos; falta de ampliação das equipes de trabalho e falta de recursos financeiros para manutenção plena dos atendimentos aos milhares de pacientes que buscam socorros à saúde- socorro à vida.

 

Foto: Blog da Mary

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar