Segunda-Feira, 28 de Maio de 2018
MPF e Banco Central pedem e Temer (PMDB) vai trocar vices-presidentes da CEF
Corrupção, formação de quadrilha e desvios milionários na Caixa Econômica Federal, faz MPF e Banco Central exigirem de Temer a troca de vices-presidentes
16/01/2018 | 22:01
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O Ministério Público Federal (MPF) e o Banco Central pediram ao presidente da República Michel Temer (MDB), que troque até o dia 26; quatro dos 12 vice-presidentes da Caixa Econômica Federal (CEF). Uma série de investigações por parte da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF), através das operações Greenfield; Cuio Bono e Sépsis apontaram uma gama de práticas ilícitas de desvios de recursos milionários da Caixa Econômica Federal (CEF).

 

Quadrilhas políticas instalaram-se dentro da Caixa Econômica Federal (CEF) e praticaram uma série de irregularidades e prejuízos milionários à Caixa Econômica Federal (CEF). A Caixa Econômica Federal (CEF); possui 12 vice-presidentes sendo que quatro deles são investigados pela PF e MPF e mais o presidente Gilberto Ochhi. As diretorias da CEF são indicações políticas partidárias do MDB; PR; PRB e o PP - partido de Gilberto Ochhi.

 

O caso do mafioso político do MDB preso em Salvador (BA), pela Polícia Federal e que mantinha mais de R$ 52 milhões em cédulas em diversas malas num apartamento da capital baiana; chegara a atuar na direção da Caixa Econômica Federal (CEF), ocupando um expressivo cargo deste banco. Isto é um dos aspectos da atuação de quadrilhas de políticos corruptos e mafiosos e que em conluio atuam em apoio ao governo de Michel Temer (MDB), considerado por delatores na Operação Lava Jato como sendo um dos principais chefões do "quadrilhão do então PMDB, hoje MDB.

 

O Ministério Público Federal (MPF), alerta Temer de que ele poderia responder criminalmente caso não seguisse as mudanças de vicespresidentes a CEF como vem sendo requerido pela Justiça Federal e pelo Banco Central.. Temer (MDB), poderia ao contrário responder processo por improbidade administrativa.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar