Sábado, 21 de Julho de 2018
Ministro da Fazenda Henrique Meirelles (PSD) é investigado pelo MPF
MPF abriu investigação contra o ministro Henrique Meirelles que faturou em dois anos mais de R$ 220 milhões em consultorias através da HM&A
30/01/2018 | 17:39
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O Ministério Público Federal (MPF) vai apurar como em cerca de dois anos a empresa pertencente ao ministro da Fazenda Henrique Meirelles (PSD), faturou mais de R$ 220 milhões sendo que R$ 167 milhões foram obtidos três meses antes da posse no ministério do governo Michel Temer (MDB).

 

Outros cerca de R$ 50 milhões foram obtidos após sua posse no Ministério da Fazenda, em maio de 2016. Os recursos obtidos pela empresa HM&A de Henrique Meirelles foram depositados em contas no exterior e isto gerou mais suspeitas sobre o assunto em si. Uma contradição, pois o próprio Ministro Henrique Meirelles (PSD), sugere constantemente através da imprensa de que investidores devem manter recursos financeiros dentro do país.

 

Um milagre de ganhos milionários que poucos trabalhadores do país são capazes de alcançar com tanta facilidade quanto ao do ministro da Fazenda Henrique Meirelles (PSD). Aliás, o pré-candidato à presidência da República Henrique Meirelles (PSD) - o mesmo partido do também ministro e presidente licenciado do PSD Gilberto Kassab que é um dos investigados na Lava Jato; terão grandes desafios daqui em diante quanto à trajetória de sustentação desta pré-candidatura até as eleições de outubro próximo.

 

O Ministério Público Federal (MPF), quer saber ainda quais as empresas realizaram pagamentos à HM&A de Henrique Meirelles (PSD), bem como; o que levou a estes depósitos milionários e ainda mais sendo realizados no exterior. Um dos argumentos do ministro da Fazenda Henrique Meirelles (PSD), à Imprensa é de que são empresas " globais ". O Portal BuzzFeed já havia destacado este montante milionário da empresa de Henrique Meirelles (PSD) em julho de 2017 3 a Revista Época traz na edição desta semana com destaque que o MPF abriu investigações.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar