Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018
Ministério da Fazenda virou mina de Mafiosos e quadrilhas envolvidos em corrupção
Ministério da Fazenda - mina de ouro para quadrilhas e mafiosos como Delfin Netto; Henrique Meirelles; Antônio Palocci e Guido Mantega, dentre outros ex-ministros
09/03/2018 | 21:11
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O Ministério da Fazenda é uma espécie de mina de ouro para que mafiosos e corruptos possam saquear os cofres públicos através de esquemas de corrupção revelados através dos seguidos escândalos descobertos por investigações da Polícia Federal e Ministério Público Federal. A 49a. fase da Lava Jato comprova mais do que isto ao descobrir que também o ex-ministro da Fazenda Delfin Netto - o político que discursava em prol do chamado " milagre econômico", fez mais do que um milagre para embolsar muitos milhões como aos dos R$ 15 milhões recebidos por ele e que foram pagos em forma de propina pela empresa Andrade Gutierrez.

 

Segundo delação feita pelo ex-executivo da Andrade Gutierrez ao Ministério Público Federal e à Polícia Federal, Flávio Barra disse ter pago ao ex-ministro da Fazenda e atual deputado federal Delfin Netto a quantia de R$ 15 milhões, além dos R$ 60 milhões para o PT e outros R$ 60 milhões ao PMDB - hoje MDB. Toda esta quantia de propinas repassadas aos mafiosos e corruptos refere-se à construção da usina de Belo Monte. Um verdadeiro monte de dinheiro destinado para mafiosos como ao descoberto pela PF e pelo MPF em mais esta fase da Lava Jato.

 

Além do ex-ministro Delfin Netto envolvido em corrupção e lavagem de dinheiro outros ex-ministros também respondem processos na Justiça Federal por corrupção e lavagem de dinheiro como o ex-ministro Guido Mantega; Antônio Palocci e o atual Henrique Meirelles que recebeu, segundo denúncias ao MPF e à PF, quantia de R$ 217 milhões - isto mesmo R$ 217 milhões em forma de pagamento de consultorias prestadas por Henrique Meirelles no período de 2015 a 2016 quando Meirelles já atuava como Ministro da Fazenda.

 

E é este mesmo cidadão que ocupa o Ministério da Fazenda que ainda quer disputar a Presidência da República deste país. Lamentável milhões de cidadãos que convivem no Brasil ter sido roubado de forma tão abrupta, ilícita por quadrilhas de políticos em conluio com outros mafiosos e corruptos que atuam em vários setores da sociedade civil organizada deste país.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar