Quinta-feira, 19 de Abril de 2018
Justiça nega pedido de deputado catarinense que está preso na Papuda, em Brasília (DF)
Pedido do deputado federal João Rodrigues (PDS), que está preso em regime semiaberto na Papuda, foi negado pela Justiça
13/04/2018 | 9:52
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A juíza Leila Cury, negou pedido apresentado pela defesa do deputado federal catarinense João Rodrigues (PSD), para retornar às atividades na Câmara Federal. João Rodrigues (PSD), está preso em regime semiaberto no Presídio da Papuda, em Brasília (DF).

 

A Vara de Execuções Penais do Distrito Federal negou nesta semana este pedido de João Rodrigues (PSD), que está detido desde 8 de fevereiro quando foi levado para um dos presídios em Porto Alegre (RS) e depois, no dia 6 de março transferido para o Presídio da Papuda, em Brasília (DF).

 

O deputado federal João Rodrigues (PSD), foi condenado pela Justiça Federal a cinco anos e três meses de prisão por fraudar licitação na compra de uma retroescavadeira, quando era prefeito em exercício em Pinhalzinho - região Oeste de Santa Catarina O Conselho de Ética da Câmara Federal deverá analisar a cassação do mandato do deputado federal João Rodrigues (PSD), por decoro parlamentar. A sessão deste conselho a fim de discutir este assunto ainda não possui data marcada. João Rodrigues (PSD), era tido como um dos pré-candidatos ao governo de Santa Catarina pelo PSD nestas próximas eleições; dividindo a disputa preliminar no PSD com outro pré-candidato deputado estadual Gelson Merísio (PSD).

 

Antonio Palocci (PT), também teve pedido de Habeas Corpus negado pelo STF

E outro político que teve também negado o pedido de habeas corpus nesta semana; foi o ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci (PT). O Supremo Tribunal Federal (STF), negou por maioria este pedido feito pela defesa de Palocci ao STF. O ex-ministro dos governos Lula e de Dilma Rousseff (PT), Antônio Palocci (PT), está preso na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba (PR).

 

Antônio Palocci poderá realizar outras novas delações e que poderá comprometer ainda mais a situação do ex-presidente da República Luiz Inácio lula da Silva (PT), que está também preso no prédio da PF em Curitiba (PR). Aliás, há possibilidades de que Lula (PT), possa ser transferido em breve para outro presídio. O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT), recebeu pena condenatória por parte da Justiça Federal de 12 anos e 1 mês em regime fechado por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. outros seis processos contra Lula (PT) tramitam na Justiça Federal e que poderá elevar a pena de prisão do ex-presidente deste país.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar