Segunda-Feira, 15 de Outubro de 2018
Ministro Gilmar Mendes (STF) manda soltar mais um dos mafiosos. Desta vez o ex-presidente da Fecomércio do Rio
Ministro Gilmar Mendes (STF) manda soltar mais um dos mafiosos. Desta vez o ex-presidente da Fecomércio do Rio
01/06/2018 | 21:00
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Já chegam a quase 20 corruptos; mafiosos e de organizações criminosas presos durante várias investigações realizadas pela Polícia Federal (PF) e pelo Ministério Público Federal (MPF), só na Lava Jato e que o ministro Gilmar Mendes do Supremo Tribunal Federal (STF), concede em seguida a liminar de habeas corpus para livrar este bando, quadrilhas que saquearam cofres públicos no país a irem para casa, para mansões curtirem certamente a vida sob auspícios de bons vinhos estrangeiros; queijos, espumantes e churrascos além de piscinas térmicas e boas leituras no convívio não somente familiar, mas provavelmente com visitas a fim de tramarem mais artimanhas para dar continuidade aos saques aos cofres públicos no Brasil. Esta tem sido uma síndrome do mau reservado da lei na visão do ministro do STF Gilmar Mendes que ignora os anseios da grande maioria do povo brasileiro.

 

Uma Constituição de 1988 feita por maioria de bandos de marginais que hoje mostram ao mundo como o Brasil convive com a impunidade; uma legislação obsoleta que deixou um legado em que não se pune ladrões do colarinho branco, mas sim lota celas em presídios mal estruturados com muitos ladrões de galinha; usuários e traficantes de drogas; assaltantes, estupradores e assassinos, mas que deixa livres da prisão muitos ladrões de centenas de milhões dos cofres públicos - dinheiro que falta para a área da Saúde; Segurança Pública; Educação; Habitação; Geração de Emprego e Renda para milhões de brasileiros.

 

Isto além da falta de recursos para investimentos justos e necessários e não para aquelas obras denominadas elefantes brancos que consumiram centenas de bilhões e que maioria destas obras públicas nunca chegaram à conclusão. É lamentável o povo brasileiro ter que conviver com decisões como a destas tomadas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

 

É por estas e outras posturas de que o povo deste país almeja a inexistência futura de um Congresso Nacional e de instâncias de Justiça com suspeitas históricas de falcatruas e alianças com mafiosos no país visando unicamente a obtenção de recursos financeiros e enriquecimentos ilícitos.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar