Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018
Ministro Edson Fachin (STF), estaria com medo ?
Ministro Fachin defende " toda celeridade " em antecipar julgamento de Lula no STF. E os milhares de processos prescritos e véspera de prescrição como ficam ministro ?
02/08/2018 | 12:49
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Ministro Edson Fachin (STF), mostra fragilidade em declarar que "seria melhor que a corte (STF); definisse a situação " do ex-presidente Lula (PT), antes do prazo final para o registro de candidatura nestas eleições. O prazo termina no dia 5 de agosto (domingo). Mas, afirmou que quem faz a pauta da corte (STF), é a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia. Segundo Edson Fachin, em entrevista à Imprensa nesta semana, véspera do encerramento do prazo das convenções partidárias visando às eleições de outubro deste ano; em matéria eleitoral toda a celeridade é importante para não deixar " dúvida " no procedimento. Ora, vejamos: o ex-presidente da República, o mafioso e corrupto Luiz Inácio Lula da Silva (PT), está preso cumprindo a pena de detenção por 12 anos conforme já definido em julgamento do TRF-4 e negado por várias ocasiões por parte do próprio STF a soltura deste corrupto. Edson Fachin (STF), provavelmente com medo e receio de ameaças assim como supostamente outros integrantes ministros do STF igualmente sentem este temor diante da pressão externa política especialmente de simpatizantes do mafioso e corrupto Lula (PT) e de outros integrantes de quadrilhas envolvidas em corrupção e roubalheira do dinheiro público do povo deste país; começam agora querer antecipar uma decisão apenas para favorecer um indivíduo corrupto que deverá permanecer cumprindo a pena prevista pela Justiça Federal.

 

E mais; o ex-presidente Lula (PT), possui contra ele outras ações que poderão levá-lo à mais alguns anos de prisão. Tem nesta manifestação pública o ministro do STF Edson Fachin; um indicativo claro de vir beneficiar e dar privilégio para que o mafioso e corrupto possa eventualmente poder concorrer novamente a eleição presidencial. Seria algo extremamente grave se isto vir ocorrer. Pois, há milhares de ações tramitando na Justiça em especial junto ao STF e no STJ e que já prescreveram e outras tantas em véspera de prescrição e que são relacionadas à práticas de corrupção; lavagem de dinheiro; falsidade ideológica; formação de quadrilhas. Então, como ficam estas ações judiciais ? Deveríamos saber do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF).

 

Iria ele concordar em também antecipar imediatamente os julgamentos destas ações ou somente dar privilégio à um mafioso e corrupto apenas porque já presidiu e colocou o Brasil no caminho da pior crise da história desta Nação ?

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar