Domingo, 21 de Outubro de 2018
Roubalheira de gado preocupa produtores rurais da região serrana catarinense. Investigações da Polícia Militar Ambiental em ação
Polícia Militar Ambiental de Lages (SC), ajuda esclarecer grande furto de gado que estão ocorrendo em vários municípios desta região
05/08/2018 | 13:30
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A Polícia Militar Ambiental de Lages (SC), - região serrana do Estado de Santa Catarina, está auxiliando nas investigações de uma grande ocorrência de abigeato, que é a prática de furtar ou receptar (comprar) gado furtado. Neste fim de semana, os policiais descobriram em uma propriedade rural do município de Petrolândia, no Alto Vale do Itajaí, pelo menos um dos 24 animais furtados no dia 12 de julho em uma fazenda no interior de Painel.

 

Outros cinco bovinos localizados na mesma propriedade têm origem suspeita e farão parte da investigação instaurada pela Polícia Civil em Ituporanga, para onde foi levado o proprietário da fazenda onde estavam os animais, em Petrolândia. A investigação será conduzida a partir de informações da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), instituição que possui os registros de todos os bovinos devidamente cadastrados no Estado de Santa Catarina.

 

O crime de abigeato é previsto na lei federal 13.330, de 2 de agosto de 2016, que estabelece pena de dois a cinco anos de reclusão a quem pratica furto ou receptação de gado. A Polícia Militar Ambiental orienta que os casos de furto sejam registrados pelo telefone 190 da Polícia Militar e, na impossibilidade, registrem na Delegacia de Polícia Civil mais próxima.

 

Quaisquer dúvidas e informações podem ser encaminhadas pelo telefone (49) 3221 7998 da Polícia Militar Ambiental em Lages.Fonte/colaboração: Catarinas Comunicação e foto (PMA).

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar