Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018
PF e MPF descobrem gastos milionários de quadrilha ligada ao ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB)
Esposa do ex-governador Sérgio Cabral, a do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, ambos do (PMDB) e da mulher do ex-secretário da Saúde do Rio, movimentaram dinheiro desviado.PF e MPF descobrem
07/08/2018 | 20:14
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Uma quadrilha, mais do que isto: uma organização criminosa comandada por vários políticos no Rio de Janeiro e que já foram muitos deles presos em várias das operações realizadas pela Polícia Federal e Ministério Público Federal. E as investigações da pF e do MPF levaram a descobrir os gastos milionários realizados pela esposa do ex-secretário de estado da Saúde do Rio de Janeiro na gestão do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), agora MDB; em que Verônica Fernandes Vianna - esposa deste ex-secretário de Saúde Sérgio Cortês, onde Verônica Fernandes Vianna teria gastos cerca de US$ 2,7 milhões em grifes como Chanel e Prada.

 

A PF e MPF descobriu ainda que Verônica Fernandes Vianna movimentou mais de US$ 4,3 milhões em contas na Suíça e depois transferidas para uma offshore nas Bahamas em 2011 e 2017. O caminho deste dinheiro desviado a área da Saúde do Rio de Janeiro e transferido como lavagem de dinheiro visando convertê-lo em ativos com aparência legal.

 

Assim como a esposa do ex-secretário de Estado da Saúde na gestão de Sérgio Cabral (PMDB); a mulher do então ex-presidente da Câmara Federal Eduardo Cunha (PMDB), cujo mafioso e corrupto está preso a exemplo do igualmente mafioso e corrupto Sérgio Cabral também do PMDB), atualmente MDB; Claudia Cruz; teve encontrada mais grana oriunda de desvios de recursos públicos, segundo a PF e MPF e que chega a US$ 1 milhão; além de Adriana Ancelmo que somente na Joalheira H. Stern gastou mais de US$ 6 milhões em joias.

 

Ambas utilizando dinheiro desviado dos cofres públicos através de esquemas criminosos e realizando despesas nababescas em lojas e artigos de luxo. Além disto, gastos também em hotéis cinco estrelas; viagens internacionais e restaurantes da alta gastronomia e de pratos caríssimos. Pratos estes que na prisão sequer algum dia chegarão, bem como; da qualidade de cama e mesa.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar