Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
FIESC realiza debate com apenas três candidatos ao Governo e PSL reage por não receber convite
Executiva estadual do PSL reage pela atitude da FIESC em promover debate com apenas três dos vários candidatos ao governo de SC
21/08/2018 | 21:07
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O debate entre apenas três candidatos ao governo do Estado de Santa Catarina nas próximas eleições de outubro/2018; deixou indignado a presidência do PSL de Santa Catarina que reagiu publicamente no dia seguinte ao debate realizado na noite de segunda-feira (20), na sede da FIESC, em Florianópolis (SC). Segundo o presidente do PSL em Santa Catarina Lucas Esmeraldino; ao não respeitar o pluralismo e a democracia e direitos igualitários de debater os interesses da sociedade catarinense e sobretudo; quanto das questões de desenvolvimento econômico e social, principalmente; mostra o quanto se prejudica o avanço de busca de soluções no país e neste caso em Santa Catarina.

 

O debate da FIESC foi promovido sob iniciativa desta entidade com a presença apenas dos candidatos ao governo Décio Lima (PT); Mauro Mariani (MDB) e Gelson Merísio (PSD). Outras várias candidaturas ao governo de Santa Catarina nestas eleições de outubro próximo a exemplo do PSL também não fizeram parte deste debate. Se o Estado de Santa Catarina enfrenta a beira do caos social e econômico diante da gravidade das dívidas públicas e da precariedade nas áreas públicas da Segurança Pública; Saúde; Educação e de Desenvolvimento e geração de Emprego e renda, deve-se muito aos governantes que almejam perpetuar-se no poder mantendo as mesmas mazelas com que ao longo de décadas levara não somente Santa Catarina à esta crise, porém, o Brasil em si.

 

A FIESC elaborou uma "Carta da Indústria " e que foi apresentada aos três candidatos ali presentes. O candidato ao governo de Santa Catarina pelo PSL é o Comandante Moisés e que ficou fora deste importante debate assim como outros também candidatáveis ausentes. Na nota publicada pela executiva estadual do PSL, destaca o desempenho atual em pesquisas da candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República e que segundo ele, por si só já é um indicativo de representatividade importante no contexto dos debates em prol da democracia e dos interesses de toda a população deste país.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar