Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019
Operação Zelotes completa 3 anos e meio e cadê os R$ 19,9 bilhões aos cofres públicos?
Zelotes completa 3 anos e meio. São 74 grandes empresas investigadas pela PF. Fraudes junto ao Carf e Receita Federal. R$ 19,9 bi faltam aos cofres públicos
24/09/2019 | 10:18
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Operação Zelotes - uma das maiores operações investigatórias sobre corrupção no Brasil, completa 3 anos e 6 meses. Mais de 19 bilhões e 900 milhões deixaram de serem recolhidos aos cofres públicos, segundo relatório elaborado pela Polícia Federal e divulgados em abril de 2015.

 

São 74 grandes empresas incluindo o Partido Progressista ´ (PP), envolvidos em esquemas de fraudes e corrupção junto ao Conselho de Administração de Recursos Fiscais ( CARF), junto a Receita Federal. O esquema envolvia segundo as investigações da Polícia Federal, a busca de reduzir ou mesmo anular valores tributários contestados pelas grandes empresas devedoras junto a Receita Federal.

 

Um dos conselheiros do CARF, segundo apurou a Polícia Federal (PF), levantava de forma seletiva os maiores devedores de tributos fiscais e buscava junto aos devedores ao fisco " oferecer facilidades " como desde a anulação de multas, por exemplo, ou até mesmo redução drástica da dívida e sob pagamentos milionários de propinas.

 

Um valor sonegado de tributos fiscais que poderiam serem investidos pelo governo federal na resoluções de graves problemas sociais nas áreas da Saúde em que muitos hospitais deste país estão a mercê de fechamentos e suspensões de cirurgias eletivas; com falta d eleitos, falta de UTIs; falta de equipamentos novos como aparelhos de ressonância magnética e de Raio -X, dentre outros, além de outras áreas como da Educação onde faltam recursos para manutenção de universidades públicas e escolas públicas; bem como; na área da segurança pública que também está um caos e na geração de emprego e renda para mais de 20 milhões de pessoas.

 

Portanto, a contribuição social de centenas de grandes empresas no Brasil está longe de ser uma realidade. pelo contrário: contribuem para este caos. Mas, se observarmos muitos empresários, alguns deles mafiosos e corruptos usufruem dos melhores e caros iates; vinhos dos mais preciosos e caríssimos do mercado, dentre outras benesses como já apontadas por várias das investigações realizadas pela Polícia federal e Ministério Público Federal.

 

Zelotes com 74 empresas investigadas pela Polícia Federal e MPF

A Zelotes iniciou trâmite na 10a. vara Federal do Distrito Federal tendo o procurador Federal da República Frederico Paiva - um dos responsáveis pela Operação Zelotes. Houve pedidos de algumas tentativas de evitar vazamentos seletivos de dados da investigação do MPF e da PF, mas foi negado pela Justiça. A Polícia Federal (PF) e Ministério Público Federal (MPF), descobriram uma quadrilha agindo neste esquema criminoso. Em abril de 2015, a Folha de S. Paulo divulgara uma lista com os maiores devedores à Receita Federal e investigados na Operação Zelotes. Veja:

Maiores devedores à Receita Federal apurada na investigação da Operação Zelotes:

- Banco Santander - R$ 3,34 bilhões

- Bradesco - R$ 2,75 bilhões

- Ford - R$ 1,78 bilhão

- Gerdau - R$ 1,22 bilhão

- Boston Negócios - R$ 841,26 milhões

- Safra - R$ 767,56 milhões

- Huawei - R$ 733,18 milhões

- RBS - R$ 671,52 milhões

- Camargo Correa - R$ 668,77 milhões

- MMC - Mitsubishi - R$ 505,33 milhões

- Carlos Alberto Mansur - R$ 436,84 milhões

- Copesul - R$ 405,69 milhões

- Liderprime - R$ 280,43 milhões

- Avipal/Granoleo - R$ 272,28 milhões

- Marcopolo - R$ 261,19 milhões

- Banco Brascan - R$ 220,8 milhões

- Pandurata - R$ 162,71 milhões

- Coimex / MMC - R$ 131,45 milhões

- Via Dragados - R$ 126,53 milhões

- Cimento Penha - R$ 109,16 milhões

- Newton Cardoso - R$ 166,93 milhões

- Bank Boston Banco Múltiplo - R$ 106,51 milhões

- Café Irmãos Júlio - R$ 67,99 milhões

- Copersucar - R$ 62,1 milhões

- Petrobras - R$ 53,21 milhões

- JG Rodrigues - R$ 49,41 milhões

- Boston Comercial e Participações - R$ 43,61 milhões

- Boston Administração e Empreendimentos - R$ 37,46 milhões

- Firist - R$ 31,11 milhões

- Vicinvest - R$ 22,41 milhões

- James Marcos de Oliveira - R$ 16,58 milhões

- Márcio Augusto Frering - R$ 13,55 milhões

- Embraer - R$ 12,07 milhões

- Dispet - R$ 10,94 milhões

- Partido Progressista (PP) - R$ 10,74 milhões

- Viação Vale do Ribeira - R$ 10,63 milhões

- Nardini Agroindustrial - R$ 9,64 milhões

- Eldorado - R$ 9,36 milhões

- Carmona - R$ 9,13 milhões

- CF Prestadora de Serviços - R$ 9,09 milhões

- Via Concessões - R$ 3,72 milhões

- Leão e Leão - R$ 3,69 milhões

- Copersucar 2 - R$ 2,63 milhões

- Construtora Celi - R$ 2,35 milhões

- Nicea Canário da Silva - R$ 1,89 milhão

- Mundial - Zivicutelaria ´Hércules - Eberle ( Não disponíveis ); assim como também não foi disponível as seguintes empresas, segundo a listagem publicada pela Folha de S. Paulo:

- Banco UBS Pactual (N/D)

- Bradesco Saúde (N/D)

- BRF (N/D)

- BRF Eleva (N/D)

- Caenge (N/D)

- Cerces (N/D)

- Cervejaria Petrópolis (N/D)

- CMT Engenharia (N/D)

- Dama Participações ( N/D)

- Dascan ( N/D )

- Frigo (N/D)

- Hidroservice (N/D)

- Holdenn (N/D)

- Irmãos Júlio (N/D)

- Kanebo Silk (N/D)

- Light ( N/D)

- Mineração rio Novo (N/D)

- Nacional Gás Butano (N/D)

-Nova Empreendimentos (N/D)

- Ometro (N/D)

- Refrescos bandeirantes (N/D)

- Sudestefarma/Comprofar (N/D)

- TIM (N/D) - Urubupungá (N/D)

- WEG (N/D)

Total: R$ 19,9 bilhões

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar