Sábado, 15 de Agosto de 2020
Mafioso Eike Batista desviou somente com a OGX R$ 33 bilhões para o exterior, diz relatório do COAF
Mafioso Eike Batista desviou com a OGX R$ 33 bilhões para o exterior segundo relatório do COAF. E investigações continuam
07/02/2020 | 13:54
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Com exclusividade o site Antagonista revelou na quarta-feira (05), que o mafioso e corrupto mega empresário Eike Batista; ( que chegou ser citado como o oitavo homem mais rico do mundo ), porém, trata-se efetivamente de um dos maiores mafiosos e corruptos do mundo e que vive no Brasil - um país celeiro de mafiosos e corruptos que atuam dentro e fora do meio político e empresarial, onde este mafioso Eike Batista desviou somente com uma de suas empresas - a OGX R$ 33 bilhões para o exterior. Um relatório do COAF - Controle de Atividades Financeiras ), mostra o desvio bilionário de R$ 33 bilhões praticados por Eike Batista.

 

A operação de transferência de mais de R$ 33 bilhões foi segundo informações, feitas pelo Banco HSBC ( atual Kirton Bank ). Esta transação financeira para o exterior feita de forma criminosa segundo apurou a Polícia Federal e o COAF; foi de forma direta, locação de equipamentos, de offshores e exportação de mercadorias - tudo para desviar mais de R$ 33 bilhões de reais do país. Somente em uma das contas bancárias o COAF descobriu que Eike Batista transferiu R$ 2,85 milhões de reais. Foi através da operação de número 995947504, no Banco JP Morgan, nos Estados Unidos.

 

Máfia que atua no Brasil coloca país sob desconfiança de investidores nacionais e internacionais

O relatório do COAF foi anexado a uma petição apresentada ao Ministério Público Federal no Rio de Janeiro (RJ), pelos advogados de investidores majoritários ( Abradim ) e ( Minoritários , Aidmin ). Os advogados afirmaram, segundo citou o Antagonista, que as condutas de Eike Batista - um mafioso que foi preso alguns anos atrás pela Polícia Federal por determinação do MPF; bem como das condutas dos demais executivos que integram o grupo empresarial de Eike Batista; implicaram num " bilionário desvio de poupança de investidores ", e cita ainda que a prática criminosa de Eike Batista, afetou todo o sistema financeiro do Tesouro Nacional deste país; além de seus agentes e instituições operadoras. Houve abalo de confiança de investidores nacionais e internacionais no mercado brasileiro. Em 2013, a OGX de Eike Batista declarou moratória das suas dívidas com credores, Em seguida, o mafioso e corrupto Eike Batista entrou com um pedido de recuperação judicial.

 

O velho esquema usual por muitos mafiosos e corruptos sabendo que terão proteção de aliados agentes políticos em esquema criminoso muito usual no Brasil - um país em que sofreu o maior desvio de recursos públicos do mundo. A Lava Jato mostra bem esta triste realidade, fora centenas, milhares de outras operações realizadas pela PF e MPF que somando tudo ultrapassa desvios de mais de R$ 4 trilhões de reais. Daí, a dívida pública interna do país por si só mostra o buraco, o tamanho do rombo financeiro no Brasil. Maioria dos Estados falidos diante da má gestão de políticos mafiosos e corruptos que muitos deles continuam agindo de forma criminosa e estão sob investigações da PF e do MPF.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar