Terça-Feira, 15 de Junho de 2021
Marajás - CNJ investiga pagamentos de super salários aos desembargadores do Mato Grosso
Marajás - CNJ investiga pagamentos de super salários aos desembargadores do Mato Grosso
23/01/2021 | 21:11
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), investiga os casos de pagamentos de salários super elevados pagos pelo Tribunal de Justiça do Estado do Mato Grosso em que 29 desembargadores daquele estado receberam somente no mês de dezembro salários e " penduricalhos " que ultrapassaram R$ 272,500 cada. O salário-base segundo a Constituição Federal limita salários em no máximo R$ 35,5 mil reais por mês. Os "penduricalhos " foram pagos em folha de pagamento à parte durante o mês de dezembro passado para cada um dos 29 desembargadores do Tribunal de Justiça do Mato Grosso.

 

Foram desde verbas indenizatórias; auxílio -moradia; auxílio à Saúde; vale- alimentação ( que supera em muito os salários de milhões de profissionais de várias áreas deste país ); décimo terceiro salário e na folha de pagamento à parte foi considerado como " vantagens extras ". E não foi somente no Mato Grosso onde ocorreram pagamentos absurdos, elevados de salários à magistrados neste país: em muitos outros estados brasileiros também ocorreram pagamentos de salários que chegaram ultrapassar R$ 500 mil reais mensais. No ano passado, em agosto, no interior de Mato Grosso, um juiz de uma pequena cidade daquele estado chegou a receber R$ 503 mil reais de salário do mês.

 

Foto: bitmag

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar