Sábado, 21 de Outubro de 2017
E.E.B. Vidal Ramos completa Centenário
Escola Vidal Ramos (Lages,SC), comemora centenário
21/05/2012 | 1:25
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A escola estadual mais antiga de Lages,SC, completou 100 anos no domingo (20). Fundado em 1912, o Vidal Ramos é responsável pela formação de milhares de cidadãos. Durante 99 anos, a instituição funcionou no ‘Colégio Rosa’.- (prédio original que abrigou a escola por mais de 99 anos).

Em 2011, devido ao projeto de restauração que vem sendo elaborado e que em breve será iniciado, a escola com seus alunos e todo o quadro de professores e demais funcionários; mudou-se para as novas instalações localizada na Rua Professor Teobaldo Delwing, centro. No  antigo prédio será instalado um Centro Cultural.

Na semana passada, a direção promoveu homenagens, exposições de fotos e trabalhos, gincanas, concursos e apresentações artísticas e culturais. E na manhã de domingo, a comunidade escolar fez uma carreata que partiu do Colégio Rosa e dirigiu-se até o endereço atual. A saída e a chegada foram marcadas por foguetórios.

A professora Luci Pavarin Correa considera um privilégio o fato de ser a diretora do centenário. “É um momento único. Posso dizer que é motivo de honra fazer parte desta história”. Foram muitos os profissionais educadores e demais colaboradores nesta área que dedicaram suas vidas em prol do trabalho educacional aos milhares de alunos que por esta escola passaram ao longo destes anos.

O maior desafio desta escola ocorreu no ano 2000, quando diante as comemoraçãos aos 500 Anos de descoberta do Brasil, houve interesse do Governo do Estado daquela época aliado ao atual Governador Raimundo Colombo (PSD), que na ocasião era deputado federal e ex-prefeito de Lages, querer extinguir a escola Vidal Ramos.

Foi um intenso movimento comunitário e também juntamente com a comunidade escolar voltado à defesa da manutenção da Escola Básica Vidal Ramos com mais de 950 alunos, que surgiu então a reivindicação de um novo prédio escolar e com manutenção da história patrimonial e educandária.

Desta forma, o movimento popular alcançou seus objetivos e o Governo do Estado em 2011, entregou o novo prédio escolar ali próximo, no centro de Lages.

Para o ex-presidente da Associação de Pais e Alunos- APP, Jornalista e Artista Plástico João Agnaldo Godoy  (Juan Godoy), o qual teve os três filhos estudando desde o pré-escolar até a 8a. Série na E.E.B. Vidal Ramos;  reconhecer o trabalho de todos os profissionais que atuaram ou daqueles que continuam hoje dedicando seu trabalho neste educandário, é motivo de alegria e satisfação, garantindo o futuro de milhares de crianças e adolescentes que freqüentam o Vidal Ramos.

Ensino Médio
A indisponibilidade de espaço do Colégio Rosa impossibilitou a inclusão do ensino médio (1º ao 3º ano) na escola. Porém, o novo prédio dispõe de salas suficientes para atender as demandas, e a direção já encaminhou a solicitação para a Secretaria de Estado da Educação, e a expectativa é que a liberação seja oficializada já para o próximo ano letivo. A aluna da Karoline Ouriques, da 8ª série, torce por isso. “Estudo no Vidal desde a 1ª série, e se o ensino médio vier irei continuar na escola pelos próximos três anos. Estou adaptada ao ambiente. Já conheço os professores, e tenho muitos amigos”.

Centro Cultural
O projeto que servirá como base para a restauração do Colégio Rosa, transformando-o em um centro cultural, está quase pronto. “É um projeto bastante amplo, que dará a dimensão dos investimentos que serão feitos para tornar o prédio um dos mais belos espaços culturais de Santa Catarina”, destaca o secretário regional Jurandi Agustini.

O subsolo terá três salas. Duas delas servirão para recreações infantis, e a outra será usada para aulas de música; O primeiro piso terá duas salas destinadas a aulas de dança, e outras duas a exposições de obras de arte; E o segundo piso terá dois auditórios, uma oficina de artes, o museu da escola Vidal Ramos, e espaços para leitura, acesso a internet e prática de jogos de mesa. O prédio ganhará um elevador para garantir acessibilidade aos três pavimentos.

No anexo da rua Caetano Vieira da Costa será transformado em um bistrô com comidas típicas da região. Terá ainda uma sala para a comercialização de artesanatos produzidos por artistas locais, e um cinema para aproximadamente 50 pessoas.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar