Domingo, 22 de Outubro de 2017
Colégio Industrial de Lages resgata 51 Anos de história
Colégio Industrial de Lages - CIL resgata meio século de história com destaque
24/03/2015 | 21:15
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A Escola de Educação Básica Industrial de Lages, ou apenas Colégio Industrial - CIL, ultrapassa meio século de vida consolidada como uma das principais instituições de ensino da Serra Catarinense. E ao comemorar 51 anos em grande estilo, já que neste momento recebe investimentos de R$ 5,6 milhões do governo do Estado em obras de reforma e ampliação, resgata uma história rica e cheia de capítulos, mas perdida no tempo.

 

Considerando uma média de mil estudantes por ano (atualmente são 1.050 no ensino regular e mais 600 nos cursos técnicos), pode-se afirmar que o Colégio Industrial - CIL, em Lages (SC), já formou mais de 50 mil alunos ao longo de sua existência. Pessoas que se tornaram cidadãos de bem, pais de família e profissionais de sucesso em diversos setores, especialmente na indústria.

 

Mas à exceção do tradicional prédio azul localizado na Avenida Dom Pedro II, no bairro Vila Nova, em Lages (SC), e inaugurado em 16 de março de 1964 pelo então governador do Estado, o lageano Celso Ramos, toda essa gente perdeu as referências históricas sobre o Industrial.

 

As araucárias plantadas pelos próprios alunos há algumas décadas e os três murais do artista plástico Martinho de Haro, natural de São Joaquim e um dos mais conceituados representantes do movimento modernista no Brasil, sobreviveram ao tempo e permanecem imponentes. Todo o restante, porém, está só na lembrança de quem viveu o Industrial. Outro destaque é o símbolo do Colégio Industrial de Lages- CIl, criado pelo estudante Técnico Industrial do CIL Agnaldo Godoy ( Juan Godoy ) que na década de 70, o artista plástico Juan Godoy elaborou e cujo símbolo foi escolhido pelos demais colegas de turma ( a primeira turma formanda em Técnico Industrial do CIL). Símbolo que teve também a co- participação do também estudante daquela época Geraldo Kalkamann.

 

A boa notícia é que essas memórias estão prestes a ser materializadas e eternizadas. Ao abordar a qualificação do trabalho da mulher na Serra Catarinense em sua dissertação de mestrado, o advogado e consultor de empresas Ilson Barros, de 56 anos, se deparou com quase nada de registros históricos acerca do Industrial, onde muitas mulheres trabalharam neste meio século. E na condição de ex-aluno e ex-professor do colégio, Ilson decidiu agir.

 

Em parceria com o diretor Armando José Duarte e outros professores, além da esposa Neusa Barros, ex-diretora da escola, Ilson busca materiais que resgatem o que se passou no Industrial. Documentos, fotos, reportagens, objetos, livros. Tudo que remeta ao colégio é útil.
Paralelamente, Ilson vai gravar depoimentos de ex-alunos, ex-professores e pessoas que fazem parte dessa história a fim de enriquecer o acervo. A proposta é produzir um audiovisual em DVD e um livro sem direitos autorais para que possa ser editado e ampliado a qualquer momento, disponibilizando o conteúdo a escolas, bibliotecas e museus. Também é planejada a criação do museu do Industrial, oferecendo à comunidade escolar o contato com o material.

 

-O Industrial é referência no Estado e muita gente passou por aqui. Mas vários documentos foram extraviados e danificados ao longo do tempo, e precisamos resgatar essas histórias. Temos vínculo familiar e carinho por esse colégio, pois faz parte de nossas vidas _, diz Ilson.

 

Lançamento do projeto ocorreu na última sexta-feira,20 de março

O lançamento do projeto foi realizado na sexta-feira, dia 20, às 19h30min, no auditório do Industrial - CIL. O evento foi aberto ao público, e qualquer pessoa que tiver materiais que possam ajudar no resgate histórico da escola poderá apresentar sua contribuição, seja por doação ou empréstimo, destacou Ilson Barros.

 

Em se tratando de fotos, principalmente, o ideal é que estejam identificadas com o máximo possível de informações, como nomes das pessoas, data e ocasião do registro. As imagens também podem ser enviadas por e-mail.
Contatos pelos endereços ilsonbarros@phdconsultores.net e neusabarros@phdconsultores.net ou pelos telefones (49) 3224-0017, 8427-5901 e 9929-3661.

 

Fonte:

Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Lages

Gerência de Comunicação

Pablo Gomes - Jornalista (Fotos)

(49) 3289.6232 / 9926.6775 (Tim-WhatsApp) / 8839.1727 (Vivo)

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar