Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
APAEs de Santa Catarina enfrentam grave crise
APAEs em todo o Estado de Santa Catarina enfrentam a pior crise da história e não há apoio governamental, infelizmente
27/05/2017 | 12:29
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

As APAEs em Santa Catarina enfrentam a pior crise financeira de todos os tempos desde que vem prestando serviços de atendimento para milhares de alunos com necessidades especiais. Somente em Florianópolis (SC), onde o atendimento é feito para 565 alunos, a situação financeira da APAE poderá comprometer já a partir do dia 1 de junho com suspensão do transporte de alunos. Cerca de 50% dos alunos ficarão sem o transporte, caso não haja um convênio entre a APAE e o Governo do Estado. O impacto com a suspensão do transporte de alunos é algo preocupante tanto para a APAE quanto para as dezenas de famílias que precisam deste atendimento. Somente em Florianópolis (SC), a APAE gasta mensalmente cerca de R$ 120 mil com o transporte de alunos, incluindo a utilização de ônibus; carros e manutenção, além da atuação de uma equipe de 20 pessoas neste setor. São 24 roteiros realizados diariamente de segunda às sexta-feiras, sendo que o custo mensal dos trabalhos que a APAE de Florianópolis (SC), realiza custam na ordem total de R$ 500 mil/mês. A APAE de São José,(SC), também é outra destas entidades similares que vem enfrentando dificuldades imensas financeiras e campanhas estão sendo realizadas para reduzir estas dificuldades e dar melhores condições dos trabalhos que vem sendo realizados com muita dedicação a exemplo de todas as demais APAEs em Santa Catarina.

 

O transporte de alunos das APAEs em Santa Catarina é uma obrigação do Governo, porém, há uma omissão governamental quando não insere recursos financeiros para este objetivo essencial de atendimento para centenas de alunos que precisam deste apoio. O déficit mensal da APAE de Florianópolis atinge a ordem de R$ 80 mil reais por mês. Algumas campanhas são promovidas com objetivo de minimizar a situação das APAEs em Santa Catarina, porém diante do quadro grave econômico e social do país, com intensa roubalheira bilionárias e fraudes praticados por quadrilhas e máfias super organizadas neste país, onde somente mais recentemente está havendo um combate efetivo à corrupção é que o Brasil poderá daqui para frente alcançar um caminho real de Justiça plena social; melhor qualidade de vida da maioria da população e, portanto; evitar que por exemplo assim como as APAEs e outras entidades filantrópicas enfrentem dificuldades como a que estão enfrentando na atualidade.

 

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar