Segunda-Feira, 23 de Outubro de 2017
Caos em penitenciárias de Santa Catarina com demissão em massa de funcionários da manutenção
Empresa responsável pela manutenção dos complexos penitenciários de Canhanduba (Itajaí) e de Joinville, demitem 1.400 funcionários
23/09/2017 | 12:29
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A demissão em massa de 1.400 funcionários que atuam na prestação de serviços nos Complexos Penitenciários em Canhanduba (Itajaí) e também do Industrial de Joinville (SC), provoca um verdadeiro caos, agravando os graves problemas já existentes no sistema penitenciário de Santa Catarina.

 

A empresa ONDREPSB, que mantém a empresa Montesinos que presta os serviços de manutenção nestes complexos penitenciários, destacou que o Governo do Estado vem atrasando há meses os repasses financeiros e, consequentemente estes atrasos provocam grandes dificuldades à empresa. Somente no Complexo Penitenciário de Canhanduba (Itajaí) onde as vagas são para 644 detentos; estão na atualidade mais de 1.100 internos.

 

A superlotação em praticamente todos os presídios do Estado de Santa Catarina é algo que vem há desde muitos anos atrás e levou até o Ministério Público à intervir e exigir do Governo do Estado sob o comando atual de Raimundo Colombo (PSD), medidas urgentes para solucionar a série de problemas existentes no sistema prisional catarinense.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2017 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar