Quarta-Feira, 20 de Junho de 2018
Operação da PF " Torre de Marfim " investiga ação de quadrilhas em SC
Polícia Federal (PF); TCU e CGU investigam desvios milionários em projetos universitários de fundações ligados à UFSC
08/12/2017 | 10:13
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A Polícia Federal juntamente com atuação de servidores do Tribunal de Contas da União (TCU) e Corregedoria Geral da União (CGU), deflagraram na manhã de quinta-feira (7), em Florianópolis e também em Balneário Camboriú (SC), a Operação denominada " Torre de Marfim" que investiga desde 2014 irregularidades em diversos projetos de várias fundações de apoio à Universidade Federal do Estado de Santa Catarina - UFSC. Esta operação "Torre de Marfim " não tem relação com a anterior chamada " Ouvidos Mouros ".

 

Calcula-se até agora que cerca de R$ 300 milhões desde 2014 tenham sido utilizados com uma série de irregularidades. As investigações da Polícia Federal; CGU e TCU apuram crimes de lavagem de dinheiro e peculato. Quadrilhas podem estarem atuando nesta área causando prejuízos milionários ao erário público. A Operação Torre de Marfim atuou com 90 policiais federais; além de vários servidores do Tribunal de Contas da União - TCU e da Corregedoria Geral da União - CGU, sendo que a Justiça Federal determinou 14 apreensões, seis de condução coercitiva. A determinação judicial partiu da 1a. Vara Federal de Florianópolis (SC).

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar