Quarta-Feira, 20 de Junho de 2018
Ministro do STF Gilmar Mendes mandou soltar da prisão mais de uma dezena de mafiosos presos na Lava Jato
Uma vergonha para o Brasil ! MPF prende e ministro do STF dá habeas corpus para mafiosos e corruptos que desviam milhões de cofres públicos
01/06/2018 | 20:57
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Enquanto a sociedade brasileira clama pela Justiça, ao contrário, o ministro Gilmar Mendes do Supremo Tribunal Federal (STF), por decisão monocrática decide por várias vezes liberar mafiosos e corruptos presos em operações da Lava Jato. A Justiça Federal e Polícia Federal realizam várias investigações, reúnem provas; promovem todo um trabalho de longo período investigatório e de oitivas e depoimentos dos evolvidos e acusados em práticas criminosas como de corrupção ativa, corrupção passiva; fraudes licitatórias; lavagem de dinheiro dentre outros crimes como de organização criminosa; transformam acusados em réus e prendem.

 

Mas, ao contrário disto tudo; no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Gilmar Mendes decide monocraticamente por conceder liminar de habeas corpus mandando soltar presos envolvidos nestes escândalos de corrupção. O mais recente foi o caso do ex-diretor da estatal paulista Dersa Paulo Vieira de Souza ( Paulo Preto ), preso por duas ocasiões e solto as duas vezes por decisão do ministro do STF Gilmar Mendes. Paulo Vieira de Souza (Paulo Preto ), atuou na gestão de governos do PSDB em São Paulo e tornou-se réu juntamente com outras pessoas por terem desviados recursos financeiros na ordem de R$ 7,7 milhões entre o período de 2009 a 2011.

 

O que leva um ministro mandar soltar mafiosos e corruptos da cadeia ? Eis a questão

Assim como Paulo Vieira de Souza (Paulo Preto ) solto da prisão por decisão do ministro do STF Gilmar Mendes outro caso emblemático de soltura de mafiosos e corruptos envolveu o empresário do setor de transporte coletivo do Rio de Janeiro Jacob Barata Filho , mais conhecido como o " Rei do ônibus ".

 

De vários presos corruptos e mafiosos em que a Operação Lava Jato mandou para a cadeia recentemente e somente daqueles casos em que o Juiz Bretas, do Ministério Público Federal do Rio de Janeiro mandou prender, o ministro do STF Gilmar Mendes mandou soltar 14 deles até agora. Portanto, trata-se de algo incomum para uma Nação que tenta e busca a todos esforços com plena Justiça combater a corrupção neste país; ter que conviver com decisões totalmente alheias aos interesses da sociedade brasileira.

 

As decisões tomadas pelo ministro do STF Gilmar Mendes em mandar soltar mafiosos e corruptos dá uma incerteza dos rumos que o Brasil terá num breve futuro. A máfia, comprova mais do que nunca que ao longo de décadas conseguiu construir um aparelhamento amplo e que atinge a praticamente todos os principais setores tanto político ( Legislativo e Executivos ), administrativos públicos municipais, estaduais e federal e privado; além de esferas do judiciário, infelizmente !

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar