Quarta-Feira, 20 de Março de 2019
João de Deus se entregou à polícia, prestou depoimento na delegacia e vai para Complexo Penitenciário em Goiânia (GO)
Médium João de Deus se entregou à polícia; prestou depoimento e foi para Complexo Penitenciário de Aparecida de Goiânia
16/12/2018 | 20:51
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O médium João T. Faria conhecido como "João de Deus", se entregou à polícia no final da tarde de domingo (16), após ficar alguns dias sendo procurado pela polícia, após a Justiça determinar sua prisão na sexta-feira (14). João de Deus é acusado de abusos sexuais em que mais de 330 mulheres já prestaram denúncias ao Ministério Público e também à polícia em vários estados do Brasil.

 

João de Deus, segundo registrou o Coaf (órgão fiscalizatório e de controle de movimentações financeiras do país), que João de Deus fez retirada nesta semana, véspera da prisão, de R$ 35 milhões de contas bancárias. João de Deus, se apresentou à polícia no final de tarde de domingo (16), em seguida prestou depoimento na delegacia e vai em seguida para o Complexo Penitenciário de Aparecida de Goiânia.

 

O Ministério Público pediu a prisão do médium João T. Faria, mais conhecido como "João de Deus " que após as denúncias feitas durante o programa de Tevê de Pedro Bial, cerca de uma semana trás e cuja repercussão alcançou o mundo todo diante da dimensão e gravidade das denúncias por assédio sexual praticadas pelo médium "João de Deus, que possui uma casa de atendimento em Abadiana, no estado de Goiás.

 

O médium João de Deus chegou a marcar presença rapidamente na Casa Dom Inácio de Loyola onde permanecera por cerca de 8 minutos e logo após desapareceu sem que pudesse ser localizado pela Polícia que investiga onde está o médium João Teixeira Faria " João de Deus ". Segundo informações já repassadas à Imprensa através da assessoria jurídica de João de Deus, ele deverá apresentar-se a Justiça no início desta semana e que o local desta sua apresentação a fim de responder na Justiça as denúncias contra ele, ainda não tem local revelado.

 

Mais de 300 mulheres já registraram denúncias junto ao Ministério Público em vários estados do país contra os abusos sexuais e assédios sexuais cometidos pelo médium " João de Deus ".

 

A pequena cidade de Abadiana, interior de Goiás acostuma a grande presença de visitantes à Casa Dom Inácio de Loyola em que entre 2 a 3 mil pessoas eram atendidas entre quarta a sextas-feiras todas as semanas, encontra-se bem diferente diante da não presença deste grande público e trânsito enorme de ônibus e vans, além de automóveis em que marcavam presenças na cidade onde o médium realizava seus trabalhos espirituais.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar