Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019
João de deus presta depoimento ao MP de Goiás
Médium João de Deus prestou depoimento ao MP de Goiás. A esposa de João de Deus e algumas das supostas vítimas e testemunhas prestaram depoimentos
26/12/2018 | 20:10
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O médium João Teixeira de Faria, de 76 anos, conhecido como João de deus ou João de Abadiânia; prestou depoimento à Promotoria Pública de Goiás. Foi na manhã de quarta-feira (26), em Goiânia (GO). Além de João de Deus prestaram também depoimentos à Justiça a esposa dele Ana Keyla Teixeira, de 40 anos, e várias supostas vítimas que acusam João de Deus de haver cometido abusos sexuais.

 

Além de João de Deus, a esposa Ana Keyla Teixeira, também prestaram depoimentos várias testemunhas. Os depoimentos não foram divulgados. O que se sabe neste depoimento não divulgado é de que João de Deus disse "não se lembrar " de mulheres que o acusam de crimes sexuais. Suspeito de cometer abusos contra centenas de pessoas que procuravam João de Deus para tratamento espiritual na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO).

 

O médium João de Deus está preso em Goiânia desde o dia 16 de dezembro. João de Deus está preso em caráter preventivo no Núcleo de Custódio do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, nos arredores de Goiânia (GO). João de Deus alega inocência e já recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF), ao Supremo Tribunal de Justiça (STJ) onde ambos órgãos de Justiça negaram habeas corpus ao médium João de Deus. Os depoimentos à Justiça em Goiânia, tiveram início na manhã de quarta-feira (26), por volta das 10 h.

 

João Teixeira de Faria, iniciou suas atividades como médium ao retornar para Abadiânia (GO), após atuar ainda jovem por um determinado período em garimpos de Serra Pelada no estado do Pará. Em Abadiânia (GO), João de Deus atendia cerca de 2 a 3 mil pessoas por dia numa parte da semana em que prestava o atendimento às pessoas que o procuravam para tratamento espiritual. Caravanas de várias regiões do país e até do exterior chegavam diariamente à cidade de Abadiãnia (GO) e que agora, diante da prisão do médium João de Deus; apresenta um imenso contraste do que era antes e após a prisão de João de Deus.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar