Terça-Feira, 23 de Julho de 2019
CPI da Lava Toga é abortada no Congresso Nacional
CPI da Lava Toga abortada no Senado Federal. Acordos nos bastidores entre Senado; STF e STJ extingue a CPI que busca investigar o Judiciário
14/02/2019 | 12:16
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A chamada "CPI da Lava Toga " que busca investigar especialmente as instâncias superiores do Poder Judiciário no Brasil, acabou sendo abortada antes mesmo de ser instalada. Encontro recente de alguns líderes do Senado Federal junto a alguns dos ministros do STF e do STJ acabaram por firmar uma espécie de acordo branco para evitar com que houvesse a instalação desta CPI denominada " CPI da Lava Toga ".

 

Três senadores haviam assinado o pedido de instalação da CPI da Lava Toga, mas ela não avançou e acabou sendo arquivada. Um abaixo assinado com mais de 10 mil assinaturas já percorre o país pedindo a CPI da Lava Toga no intuito de abrir investigações na esfera do Supremo Tribunal Federal (STF) e no Supremo Tribunal de Justiça (STJ), onde a transparência ainda não chegara como almeja a sociedade brasileira. Os chamados processos sob " segredo de Justiça " são os que mais exigem esta necessidade de transparência diante a abrangência de danos para com maioria da sociedade brasileira.

 

Segredos estes que podem esconder por detrás interesses bastante abrangentes principalmente quanto se trata de envolvimentos de desvios de bilhões dos cofres públicos no Brasil. Os constantes habeas corpus para mafiosos e corruptos concedidos por alguns dos ministros especialmente do STF; tem sido é algo bastante inquietante, pois beneficia mafiosos e corruptos que desviam recursos milionários dos cofres públicos, lavagem de dinheiro e formação de organizações criminosas no Brasil e fora deste país.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar