Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
STF censura sites e manda retirar matéria que liga Toffoli (STF) a Odebrecht . Repercussão e repulsa foi imediata
Receio, medo, insegurança ? O que levou o STF a censurar matéria publicada pela Revista Crusué e site O Antagonista sobre Dias Toffoli e Odebrecht ?
15/04/2019 | 20:05
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O Supremo Tribunal Federal (STF) , através do ministro Alexandre de Moraes; mandou retirar "imediatamente " matéria publicada pela Revista Crusué e site O Antagonista, intitulada : " O amigo do amigo de meu pai " em que o mafioso e corrupto empresário Marcelo Odebrecht citou em documento no qual esclareceu um personagem mencionado em email , o " amigo do amigo de meu pai ", no qual na época era o advogado Geral da União Dias Tofolli ( atualmente ministro do STF).

 

Marcelo Odebrecht que ficou vários meses presos diante processos na Lava Jato; junto em um dos processos à Justiça Federal em Curitiba (PR). A Odebrecht realizava obras de hidrelétricas no Rio Madeira. O ministro do STF Alexandre de Moraes deu prazo de 72 horas par que tanto a Revista Crusué e o site O Antagonista retirem a reportagem do ar e também notas sobre o assunto em si.

 

Além disto, cita multa de R$ 100 mil reais por dia caso a determinação não seja cumprida. A repercussão desta decisão de censura por parte do STF, foi imediata em todo o país, inclusive dentro do Senado Federal e Câmara Federal.

 

Seria algo como uma espécie de receio, medo, alta de transparência pública ou de manutenção de sigilo o assunto que está incluso e tramitando num processo na Justiça Federal ou haveria uma outra inquietação por parte do Supremo Tribunal Federal (STF), cujo órgão tem sido bastante criticado ultimamente diante especialmente de dezenas de concessões de habeas corpus para vários mafiosos e corruptos , muitos ladrões do dinheiro público deste país.

 

Além disto, também os registros quase constantes de processos contra mafiosos e corruptos e que prescrevem facilitando como no caso mais recente em que o ex-senador e ex-presidente nacional do PSDB, também ex-candidato à presidência da República Aécio Neves (PSDB) ; em que um processo envolvendo cerca de R$ 11 milhões, acabou sendo um destes processos em que prescrevera sem uma decisão final por parte da Justiça Federal.O papel da Imprensa brasileira assim como em todos os países democráticos é atuar de forma independente e transparente na defesa dos interesses públicos.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar